Edinburgh – Escócia



Depois de ter estudado na França e ler alguns romances pós-modernos escoceses (desta vez é sério minha gente) eu estava muito afim de conhecer a Escócia. Então, coloquei no meu iPod as músicas do Big Country e fui feliz da vida passar um dia em Edimburgo – um dia só porque a minha parada principal foi em Glasgow!

 

Eu peguei o ônibus em Glasgow logo de madrugada e depois de mais ou menos 2 horas eu já estava na capital. Um frio duca e com pouco dinheiro no bolso, eu resolvi dar uma volta pela cidade caminhando mesmo – o que eu sempre acho a melhor opção. Quando o pé congelava, eu usava a minha técnica milenar de entrar em alguma farmácia ou livraria com ar condicionado e esperar o corpo se restabelecer.

Por todo o lado que você anda, poderá ver o castelo. É uma cidade tão tão linda que beira o surreal. Tudo parece um conto de fadas. Para chegar no castelo, não tem erro. É só subir o morro e apreciar a vista. Ah, vocês sabiam que o castelo está localizado em um lugar onde havia um vulcão? Não se preocupem, o vulcão está extinto. O preço para entrar no castelo é mais ou menos 11 libras.
Horários: Os horários de visitação vão depender do período do ano em que você estiver por lá. Durante o verão, o castelo fica aberto das 9.30 às 18h e durante o inverno das 9.30 às 17h. Para mais informações sobre o castelo, visite o site do próprio.

Depois do London Eye, agora todas as cidades britânicas estão copiando a atração. Edinburgh também tem uma. Eu não fui, mas fica aí o convite….

Parlamento: este sim eu recomendo! O parlamento é aberto ao público e ao pegar uma senha, você poderá ver uma plenária para votação de algum decreto da cidade. É bem interessante, já que pra falar a verdade, não entendi quase nada. De fato, os escoceses não falam inglês, eles falam escocês mesmo…é uma outra língua! Como é difícil de entender! Para mais informações, visite o site do Parlamento.

Museus: recomendo a National Gallery e o Museum of Scotland. Ambos grátis e com uma coleção que – obviamente – dá mais importância para a cultura escocesa e deixa um pouco pra lá os ingleses. Os dois ficam um do lado do outro e é muito prático de se visitar.


Como chegar: da cidade de Glasgow, pegue o ônibus na rodoviária da empresa chamada Megabus. Reserve o seu ticket online.As passagens são bem baratinhas…aproveite!


Tags from the story
More from Deise de Oliveira

Melhores picos de surf em Salvador: surftrip

A nossa viagem para Salvador não ficaria completa sem uma quedinha para...
Read More

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *