Sites gringos que entregam no Brasil: cuidado com o imposto!

money-toilet-paper
facebooktwittergoogle_pluspinterest

Sites gringos que entregam no Brasil: cuidado com o imposto!

Eu sempre compro livros em lojas gringas e mando entregar no Brasil. E como eu estudo algo muito específico, os livros acabam sendo bem carinhos. O que eu nunca tinha notado é que não existe imposto para livros estrangeiros entregues no Brasil. 

Nesse fim de ano eu resolvi ir além dos livros e comprar maquiagem. E foi aí que eu me dei conta da tal “regrinha” do limite de 50,00 USD.

Mas que regra é essa?
Para produtos importados e trazidos ao Brasil via correio, o valor do produto não pode ser superior a 50,00USD (isso se a compra tiver sido feita de pessoa física para pessoa física).

E esse valor já está incluso o frete?
Sim. Então tome cuidado para não pensar apenas no valor do produto sem o frete. Ou seja, se o seu frete for de 12,00 USD, isso significa que você poderá gastar 38,00 USD sem ter que possivelmente pagar imposto.

Mas não existe uma maneira de não pagar essa taxa?
Como vocês já podem imaginar, a tributação em nosso país é arbitrária. Teoricamente, TODAS as mercadorias, deveriam ser taxadas, mas não existe um número suficiente de funcionários para fazer isso.
Você estará em uma roleta russa, onde se der sorte, não será taxado. Outra questão é que existe uma menor tendência a se taxar produtos que sejam GIFT (presente) ou de pessoa física para pessoa física.
Outra coisa que você pode fazer é dividir seus artigos em diferentes compras, se for possível.

E existe um limite para comprar nessas lojas?
Além desse limite de 50,00USD, é recomendado não fazer uma compra superior a 500,00USD em um mesmo mês. Se isso acontecer, provavelmente terá que prestar contas à Receita Federal. Outra sugestão é não ultrapassar USD 3.000, pois aí vai ter uma taxa de 60% mais imposto.

E qual é o valor da taxa?
Se você for pego, terá que pagar 60% do valor do produto. Isso mesmo! Um roubo! Então tome cuidado e faça bem os cálculos para ver se mesmo com o risco de se pagar essa taxa, ainda vale a pena comprar o produto no exterior.

E você? Já teve problemas com compras feitas em sites gringos? Teve que pagar taxa? Conte pra nós!

Mais informações no site dos Correios. 

Segue também a explicação do site da Receita.

A tributação dos bens importados ocorre da seguinte forma pelo RTS:
Até US$ 50,00 - Os bens importados cujo valor aduaneiro seja de até US$ 50,00 estão isentos do imposto, desde que o remetente e o destinatário sejam pessoas físicas.
Acima de US$ 50,00 até US$ 500,00 - É aplicada a alíquota de 60 % sobre o valor do bem, acrescido do valor do seguro e da tarifa de postagem, se estes tiverem sidos pagos pelo destinatário. A regra vale para os produtos estrangeiros adquiridos por meio da internet e também para as remessas de pessoa física para pessoa física, mesmo os recebidos como presentes.
O imposto a ser pago é lançado na Nota de Tributação Simplificada (NTS), emitida pela Receita Federal e enviada ao destinatário juntamente com o Aviso de Chegada dos Correios. No documento, é indicada a agência onde o tributo deverá ser pago e a mercadoria retirada. No caso de utilização de empresas de transporte internacional expresso, o pagamento do imposto é efetuado pela transportadora, que o repassará ao destinatário no preço do serviço oferecido.
Acima de US$ 500,00 até US$ 3.000,00 - O destinatário deverá preencher a Declaração Simplificada de Importação (DSI), podendo optar pelo regime de tributação simplificada, com alíquota de 60 %, ou pelo regime de importação comum, com alíquotas diferenciadas por produto.


Receba nossos posts por email

* indicates required

Procurando hotel para a sua viagem?

A cada reserva feita através deste blog, nós ganhamos uma comissão. A gente de ajuda a viajar e vocês também! :) Faça a sua reserva com a Booking.com!
facebooktwittergoogle_plusrssinstagram
Sobre Deise de Oliveira

Mestre em Literatura russa, blogueira e viajante compulsiva. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar e uma cervejinha com os amigos.
Siga-a nas redes sociais: Facebook
Twitter Google+

Comments

  1. says

    Aconteceu comigo também! Comprei um produto por US 105,00 (contando com o frete) e paguei quase R$ 160,00 de imposto. Tinha até ICMS no meio! Mesmo assim, saiu mais barato que comprar um produto semelhante aqui no Brasil. Há muito o que mudar para que este país se torne um dos grandes do mundo, mas falta boa vontade e sobra interesses entre os políticos!

  2. says

    Já está na hora de tentar fazer algo para aumentar esse valor de 50 dólares para 300 dólares.
    Criei um grupo no facebook pra ver se as pessoas se mobilizavam e enxergavam a ladroagem que acontece aqui no brasil, mas pelo visto ninguém tá nem aí, pois somente 3 pessoas curtiram.
    Até quando vamos continuar pagando 3x mais o valor que um americano paga numa mercadoria e além de tudo ganhar um salário 4x menor?

  3. says

    Muita coisa nesse post ta errado…

    Primeiro que a isenção de impostos para qualquer artigo impresso (livros, revistas, periódicos). Medicação destinada a pessao física, comprovada por receita e amostras e remessas sem valor comercial

    A idéia de mandar um produto como presente (gift) funciona como uma simpatia… vc acredita e ela pode ou não acontecer… eles abrem de qualquer jeito se cair nas linhas amarelas e vermelha, é a mesma chance de cair na verde.

    Você pode importar algo que custe mais de 500 dólares. (sou músico de adquiri 2700+ U$ em mercadorias esse ano… numa mesma compra. Se não me engano o limite de compras para pessoas físicas é de 3000 U$ a cada 6 MESES.

    Sobre a taxa (que na verdade é imposto e na verdade uma simplificação na taxação de impostos) é realmente 60%, porém vc esqueceu de dizer que se fizer uso de vias aéreas para entrega da mercadoria ser ainda cobrado 18% de icms. iso é claro levando em consideração tudo que vc gastou por lá (produto + frete + seguro)

  4. says

    Hplus.

    Acho que você NÃO leu o meu post com o devido cuidado. Vamos por partes:
    1- No primeiro parágrafo eu digo que NÃO existe imposto para livros. Conseguiu ver?
    2- Em muitas outras partes do texto eu disse que as regras brasileiras são ARBITRÁRIAS, o que significa que pode ou não acontecer.
    3- Sim, você pode importar algo mais caro que 500USD, mas aí pagará a taxa de 60% mais o ICMS.

    Espero que agora em tópicos esteja mais claro.

  5. Raul says

    Oi Deise, o erro na frase dos US$ 50 é que ele isenta apenas de pessoa física para pessoa física (por isso que o ebay tem alta taxa de recebimento sem imposto). Segue a explicação da receita: http://portal.ouvidoria.fazenda.gov.br/ouvidoria/ActionServlet?idNoticia=1952&objeto=br.com.tellus.ouvidoria.negocio.Editorial&acao=recover
    Portanto qualquer compra em lojas poderia ser taxada, porém tem algumas molezinhas, compras que chegam pelos Correios podem não pagar o imposto (é feita uma triagem), mas todas as encomendas por outro currier (Fedex, etc) serão taxados na fonte. Alguns sites se oferecem para embalar como presente, mas ainda vem discriminado o valor. Eu já paguei imposto por coisas baratíssimas e deixei de pagar por coisas caras, depende muito da sorte.

  6. Anonymous says

    É realmente ridículo..
    Fiz uma compra por uma página, o total foi de 240 dólares mais 60 de frete. Os U$240 transformou em 430 reais de compra. Paguei para a retirada do produto R$445,40. Ou seja, se for contar, paguei mais 100% do produto em imposto. Contando o imposto + icms.
    E mais uma vez é o Brasil incentivando a fazer compras por meios ilegais. Comprar em páginas que eles mandam certinho pagamos impostos exagerados, comprar por ebay onde tenta-se esconder o produto muitas vezes não pagamos.

  7. says

    @hsplus
    Você falou bosta com merda e quis criticar o post mas nao explicou nada. So fez confusão e não leu corretamente o post acima.

    So fez confusao. O psot acima esta corretissimo e nao faltou nada do cotidiano das importaçoes. Coisas como remedios e tal nãorepresentam nem 1% das importações comerciais feitas pelo Brasil.

  8. says

    Então, uma vez fui comprar umas peças para minha bike num site da irlanda. fiz a compra e tal.. e dai o cara mandou um e-mail explicando q provavelmente teria cobrança de imposto qdo chegasse na alfândega, e explicou a situação de presente, mas q eles não poderiam fazer, já q eram pessoa jurídica. Disse para q eu averiguasse e dai confirmasse a entrega. Qdo fui ver.. era isso mesmo 60% de imposto em cima… no fim nem compensava trazer. Cancelei o pedido, ainda bem q o cara do site foi legal e avisou senão eu teria pulado com uma grana violenta. É palhaçada isso. Não oferecem produtos de qualidade a preços razoáveis e não deixam q ninguém o faça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Post Anterior:
Post Seguinte: