*Viagem de trem pela Europa com a RailEurope

Trem França

Eu gosto muito de viajar de trem quando estou na Europa. Acho que por ser algo que eu não consigo fazer no Brasil (infelizmente a política rodoviária aqui continua sendo muito forte), é quando eu me sinto ainda mais no “velho continente”. Gosto da ideia de sentar na janela, aproveitar a paisagem e ver como ela vai mudando aos poucos. Pessoas entram, pessoas saem, e tudo acontece (quase sempre) pontualmente.

Claro que se a distância que você for percorrer é muito longa, muitas vezes vale mais a pena comprar uma passagem de alguma companhia aérea low cost. Mas mesmo assim, você deve se atentar ao fato de que os voos low cost geralmente saem de algum aeroporto longe da cidade e você terá que gastar com transporte até o centro. No caso do trem, você já estará na cidade e terá que no máximo pegar um simples transporte público para chegar em seu hotel.

 

Como fazer uma viagem de trem pela Europa?

E se o seu sonho é viajar de trem pela Europa e por vários países, nada melhor do que comprar todas as suas passagens em um só lugar, o site da RailEurope. Além do site ser em português, você consegue tem todo o suporte necessário para tirar as suas dúvidas.

A vantagem é que com eles você consegue comprar passes de trem, que em muitos casos acaba saindo bem mais em conta do que comprá-los individualmente. Veja alguns deles:

Procurando hotel? Reserve aqui em parceria com a Booking.com!
  • Eurail Selected Pass: você pode fazer viagens ilimitadas em 4 países vizinhos dentro de uma lista de 26 países.
  • França, Alemanha ou Suíça Eurail Pass: para aqueles que pretendem viajar apenas por esses países.
  • Eurail Global Pass: foi o que eu escolhi para a minha viagem. Você pode usar quantas vezes quiser (de acordo com o tipo de tíquete que você comprar) e viajar pelos 24 países inclusos.

É importante dizer que esses passes valem muito a pena, mas o valor não inclui reserva de assento em trens rápidos (que é obrigatório). Se você não tiver pressa, muitas vezes o mesmo trajeto pode ser feito pelo trem rápido e pelo “pinga-pinga” e vale a pena escolher o mais barato. Agora, se não tiver jeito, você terá que pagar para reservar o seu assento.

Como planejar a sua viagem de trem

Uma coisa que me ajudou bastante a planejar a minha viagem de trem pela Europa foi o app da Rail Planner. Com ele, eu conseguia verificar os horários dos trens (que muitas vezes estava errado até no próprio site). Outra coisa legal é que ele é vinculado ao GPS do celular e diz exatamente em qual estação você está. Muito bacana mesmo.

Quanto à pontualidade, eu já perdi um trem por questões de minutos e outros já atrasaram por horas. Infelizmente, é uma questão de sorte mesmo, mas o ideal é sempre chegar com uns 20 minutos de antecedência para não correr riscos de perder o trem.

As bagagens nos trens

A maioria dos trens tem um espaço para colocar as bagagens no começo e no fim do vagão e também tem compartimentos acima da cabeça (que são menores). O ideal é sempre deixar uma mala de mão ou mochila com os seus pertences de valor sempre bem perto de você ou no seu pé. Ah! Sabe aquelas doleiras feias para caramba? Elas são muito úteis!

E você? Já viajou de trem pela Europa? Recomenda? Conte para nós!

*Post Patrocinado


Tags from the story
More from Deise de Oliveira

O que levar na mala de viagem² no inverno?

Eu já havia escrito um post sobre isto – que aliás é...
Read More

6 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *