Viagem de carro com cachorro: dicas importantes

Viagem com cachorro

Vai fazer uma viagem de carro com seu cachorro? Veja as nossas dicas de como fazer com que o trajeto seja o mais tranquilo possível e, o melhor, sem multas de trânsito!

Viagem de carro com cachorro: dicas importantes

Treine o seu cachorro

Desde o primeiro dia que o Wurst chegou em casa nós treinamos ele com o método chamado de treino positivo, ou seja, ao invés de penalizá-lo por fazer algo errado, nós o recompensamos quando ele faz algo certo. Tem muita gente que acha que esse tipo de treino não funciona, mas a cada dia eu acho que essa deveria ser a única maneira de se treinar o seu pet.

Não adianta você forçar o seu cachorro a entrar na casinha dele e ficar lá por horas. Ele vai chorar, reclamar e, no momento em que você ceder, ele vai entender que quando ele reclama, ele consegue o que quer. Por isso, a única coisa que eu digo é: treine o seu cachorro o quanto antes! 

OBS: Agradecimentos especiais à minha super cunhada, treinadora de cães em San Francisco!

Treino de casinha/caixa de transporte

Se você for deixar o seu cachorro na casinha durante o trajeto de carro (ou até mesmo de avião), comece o treino em casa. Reserve uma parte da comida diária do peludo para o seu treino. Compre um clicker para conseguir os melhores resultados. Coloque uma ração dentro da casinha e quanto o cachorro tentar entrar lá, clique e dê mais comida para ele. Depois de um tempo, ele vai entrar lá de forma natural, pois sabe que quando ele está lá, coisas boas acontecem. Aos poucos, vá aumentando o tempo que ele fica dentro da casinha: 5, 10, 30 minutos ou até horas. E vá sempre dando comida quando ele estiver calmo lá dentro. Em hipótese nenhuma abra a casinha quando ele estiver reclamando. Espere ele se acalmar e aí abra.

Procurando hotel? Reserve aqui em parceria com a Booking.com!

Para quem se interessou nos treinos positivos, essa treinadora tem vídeos incríveis! Nós usamos e aprovamos todos eles. Ela é muito didática e consegue fazer milagres com os cachorros.

Cachorros e as regras de trânsito

Pelas regras de trânsito do Brasil, o cachorro não pode ficar solto no carro, muito menos com a cabeça do lado de fora. Isso porque uma moto pode passar e machucar a cabeça dele, ou, em um eventual acidente de carro, ele pode ser disparado para fora do carro. Se um agente multá-lo, você poderá perder 5 pontos na carteira (se ele estiver com a cabeça fora do carro), pois é uma multa grave, ou três pontos se ele estiver solto no carro.

Para evitar dores de cabeça, você tem algumas opções: comprar um cinto para cachorro, caixa de transporte ou cadeirinha para cães. Para viagens curtas, nós gostamos de usar o cinto, mas para viagens longas, usamos a caixa, pois assim ele consegue ficar mais confortável.

Faça paradas no meio do caminho

Para evitar acidentes, faça paradas a cada 2 ou três horas para o cachorro (e você) esticarem as pernas. Algumas paradas já são pet-friendly e têm um espaço para os bichanos fazerem xixi, como a Vaca Preta da Tamoios, sentido Ubatuba. Aproveite para dar um pouco de água para ele, mas não muita. Para evitar enjoos, suspenda a comida dele três horas antes da saída.

Cuidado com a temperatura

Alguns cãezinhos são muito sensíveis à temperatura, principalmente aqueles de focinho curto. Se você tiver ar condicionado no carro, deixe em uma temperatura bem fresca. Outra opção é comprar aqueles tapetes gelados para deixar o bichano um pouco mais fresco.

Cesta básica canina

Não esqueça de levar ração suficiente para o número de dias que você vai viajar. Leve a caminha, brinquedos, e tudo o que for fazer com que ele fique mais confortável. Leve um pouco do xampu dele também, pois provavelmente você precisará dar um banho nele depois das aventuras.  Leve o comedouro e o recipiente para água dele e uma toalha limpa para limpá-lo.

Wurst em Uba

Casa é melhor

Existem alguns poucos hotéis pet-friendly no Brasil, mas ainda acho melhor ficar em casa. Hoje em dia, é fácil alugar uma com opções no alugue temporada, por exemplo.

728x90 saldao


More from Deise de Oliveira

Trabalho voluntário em um orfanato na África do Sul

Hoje nós temos mais uma história muito bacana de dois leitores do Viagem...
Read More

3 Comments

  • O maior dilema de quem ama viajar e tem bichinhos de estimação! ótimo post Deise! Sou seguidora assídua do teu blog Parabéns! Beijos

  • Obrigada por compartilhar essas informações conosco, Deise. Minha irmã amou, e está aqui do meu lado mandando as melhore energias para você e para seu blog. Já eu estou aqui com vontade de levar minha gata, mas aí complica demaisssss! HAHAHAH Gatos são mais complexos. ):

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *