Cachorro perdido? Tem como evitar?

Cachorro perdido? Tem como evitar?

Todas as semanas eu vejo algum anúncio no Facebook de algum cachorro perdido. Embora eu fique bastante triste com essas situações, não consigo deixar de pensar que, em muitas vezes, é possível evitar que isso aconteça ao treinar o seu cachorro para te obedecer quando você chamá-lo.

Cachorro perdido? Tem como evitar?

Reconheço que dois anos atrás eu não tinha essa visão sobre se ter um pet. Eu nunca havia pensado no valor de se treinar o cão como questão não unicamente de segurança, mas também para gerar uma relação bacana entre o dono e o peludo. Nem se fale ainda se o treinamento for positivo, ou seja, reforçando o que o cachorro fez correto e não punindo quando ele faz errado.

Naquela época, portanto, eu achava que um exemplo de treinador era o Cesar Milan (aquele conhecido como “Encantador de cães”) e que aquele era o jeito certo de se treinar um cão. Graças à minha cunhada, eu descobri que esse tipo de treino causa um stress desnecessário no cachorro (quem gosta de ouvir não o tempo todo?), entre muitas outras questões que não falarei agora.

O que eu quero manifestar é que todos os treinamentos que cito aqui no blog vão de encontro com o reforço positivo. Nesse tipo de treino, você não é considerado o “chefe” do seu cão, mas um compartilhador de conhecimento, se é que eu posso denominar assim. Os treinos, portanto, são e devem ser divertidos para ambos.

Cachorro perdido: a culpa é de quem?

Bom, voltando à história do cachorro perdido. Não vou e nem posso afirmar que a culpa é do dono, mas o que eu posso dizer é que podemos evitar que esse tipo de coisa aconteça em muitos casos. Como? Treinando o seu cachorro para obedecer quando você o chama.

Onde está o Wally? 🦁😍🤗 #wurstspitzdog #germanspitz #pomeranian #spitzalemao #germanspitzmittel #dog #dogsofinstagram #parque #cachorro

Uma foto publicada por Wurst German Spitz Mittel (@wurstspitzdog) em

Antes de passear com seu cachorro

Cachorro perdido? Tem como evitar?

  • Compre uma tag de identificação e coloque o nome e telefone do seu cão (nós compramos a nossa na Cobasi e ela fica pronta na hora). Se for possível, coloque um microchip no peludo para prevenir ainda mais que alguma coisa aconteça.
  • Eu particularmente prefiro usar no Wurst uma coleira peitoral a uma coleira mesmo. A coleira peitoral dá mais estabilidade e segurança para você e o seu cão. Se o seu peludo for muito “puxão”, talvez seja uma boa ideia comprar um peitoral conhecido aqui no Brasil como Easy Walk.
  • Nunca compre coleiras de ferro ou enforcadores. Embora essa seja a decisão mais fácil para passear com um cachorro desgovernado, você pode machucar e muito o seu cãozinho. Vai por mim: se você treinar o seu cão, conseguirá passear com ele sem problemas.
  • Não compre guias extensíveis, pois elas ensinam o seu cachorro a puxar cada vez mais. A lógica é simples: toda vez que ele puxa, ele ganha algo positivo, que no caso é explorar lugares mais longes. Resultado: ele sempre vai puxar pois aprendeu que isso é bom. É melhor usar uma guia comum mesmo e ter uma outra comprida para passeios no parque.

Cachorro perdido? Tem como evitar?

  • Sempre leve com você uma bolsinha com gostosuras. Nós, por exemplo, percebemos que para fazer o recall, ou seja, para o Wurst vir até nós quando chamamos, temos que ter algo mais saboroso que exclusivamente a ração dele. Agora, sempre levamos bifinhos e cookies para ele conseguir nos obedecer.

Porquê treinar o seu cão para obedecer quando você chama?

A ideia é aumentar a dificuldade aos poucos. Não adianta soltar o seu cachorro e depois reclamar que ele não obedece. Então, vamos lá:

  • Comece o treino dentro de casa, em um ambiente que ele se sinta seguro. Chame o seu cão e, quando ele obedecer, dê uma comidinha. Se ele não obedecer, não faça nada. Com isso, ele vai aprender que toda vez que você chama, coisa boa acontece.
  • Faça esse mesmo treino em um ambiente externo, mas que o cachorro ainda se sinta seguro: pode ser o quintal de casa, por exemplo.
  • Compre uma guia bem comprida e saia com ele para uma praça ou um parque que não tenha muita gente ou outros cachorros. Quanto maior a distração, mais difícil de treiná-lo.
  • Se você puder ir com uma outra pessoa, melhor. A ideia é permanecer uma pessoa distante da outra e, quando o cachorro não estiver prestando atenção em você, chame o seu peludo com um tom de voz mais para o agudo e com empolgação. Se mesmo assim ele não estiver te obedecendo, talvez seja a hora de usar um apito.
  • Se ele obedeceu, dê a ele uma recompensa: um biscoito, um bifinho, alguma comida que ele goste muito.
  • E vá revesando: cada hora uma das pessoas chama o cão e, quando ele obedecer, dê a recompensa. Nós já fizemos esse treino com 4 pessoas e funcionou muito bem.
  • Faça pelo menos umas 6 saídas de treino desse tipo. Se ele acertou em todas essas saídas, você pode tentar soltar o seu cão por um curto período de tempo. O que nós fizemos com o nosso cão: duas pessoas se afastam uma da outra em uma distância maior do que nos treinos com guia. Uma das pessoas fica com o cachorro e a outra chama o cão. Quando ele chegar, dê a recompensa. Faça treinos desse tipo pelo menos 6 vezes.
  • Depois disso, você pode tentar ir ao parque e deixá-lo um pouco mais solto, mas sempre com supervisão. Se for possível, compre um apito para momentos em que ele não obedecer à sua voz.

O cachorro se soltou. O que fazer?

  • Primeiramente: não corra em direção ao cachorro! Por mais difícil que seja! Os cães acham que você está brincando de pega-pega.
  • Agache e mostre uma comidinha para ele.
  • Se não resolveu, corra na direção contrária dele e vá chamando o nome dele.
  • Sempre ande com comidinhas como cookies e biscoitos com você para conseguir chamá-lo em caso de emergência! Se você treinou o seu cachorro antes como ensinamos, ele vai saber que você tem coisas gostosas e que, quando você chama e ele responde, ele ganhará essas recompensas.

Se eu conseguir fazer com que pelo menos uma pessoa treine o seu cachorro, já estarei feliz.

Dicas sobre viagem com cachorro? Leia todos os nossos textos aqui. 


728x90 saldao


Booking.com

Ajude-nos a manter o site com conteúdo sempre gratuito!

Quando você faz uma reserva com um dos nossos links afiliados, você nos ajuda a viajar mais. E o melhor: você não paga nada mais por isso! Obrigada pela força! :)

More from Deise de Oliveira

10 motivos para você conhecer Noronha

 Aqui tem opções para todos os gostos. Se você quiser águas tranquilas...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *