Melhores paradas da Garden Route, África do Sul


Se você está um pouco confuso sobre quais são as melhores paradas da Garden Route, esse post é para você. Aqui você vai encontrar dicas de como planejar, quais lugares escolher e quantos dias ficar. Confesso que a tarefa não é fácil, pois dá vontade de parar em todos os lugares e nunca mais voltar para casa! 😛

Melhores paradas da Garden Route, África do Sul

Para começar, listamos aqui as principais paradas da Garden Route, o que incluem coisas que fizemos e também coisas que não tivemos tempo de fazer, mas que um dia queremos fazer.

A Garden Route é um dos roteiros mais pitorescos para fazer na África do Sul, pois inclui lugares lindíssimos, praias perfeitas para quem surfa e ainda alguns game reserves (safáris) privados. Além disso, as estradas são super bem cuidadas, os motoristas educados, ou seja: uma perfeita road trip!

Dica: leve sua Permissão Internacional para Dirigir, pois eles podem pedir. Veja preços a aluguel de carros aqui.

Cape Town: o começo da viagem

O que fazer em Cape Town-7

Procurando hotel? Reserve aqui em parceria com a Booking.com!

Não vou falar muito de Cape Town, pois já fizemos um roteiro completinho. Nele você vai encontrar muita coisa! Eu só adianto uma coisa: não alugue carro para sua estadia em Cape Town. Use aqueles ônibus de dois andares e, apenas no seu último dia, alugue um carro para fazer o roteiro da Península para depois seguir para a Garden Route. Foi o que fizemos e deu super certo. Sugiro ficar pelo menos 4 dias aqui.

Gansbaai: para ver baleias e tubarões

Mergulho com tubarões na África do Sul

Se você estiver por aqui entre os meses de julho e dezembro, você poderá ter a chance de ver as baleias de alguns pontos, sem a necessidade de pegar um barco para vê-las (mesmo assim, há a possibilidade de fazer esse passeio de barco com diversas agências). Nós estivemos lá em época de baleia, mas não vimos nenhuma. Como nós tínhamos tempo para apenas um passeio, optamos pelo mergulho com tubarão. Outra cidadezinha bem famosa pelas baleias é Hermanus, que fica do outro lado da False Bay.  Um dia inteiro é o suficiente para conhecer a cidade e fazer um passeio.

Cape Agulhas: onde os oceanos se encontram

Cape Agulhas: entre os oceanos Atlântico e Índico

Faça uma parada no famoso Cabo das Agulhas, onde os oceanos se encontram, é o ponto mais ao sul do continente africano. Nós falamos mais sobre o lugar aqui. Nós só paramos por aqui e seguimos viagem.

Wilderness: um parque nacional cheio de atividades

Infelizmente nós não tivemos tempo de parar aqui, mas se você decidir fazer uma paradinha, não vai se arrepender. Aqui é possível fazer passeio de caiaque pelo rio Touwsrivier. Uma pena que não tivemos tempo!

Knysna: para vistas maravilhosas!

Essa vilazinha tem um dos visuais mais bonitos de toda Garden Route. Se você escolher por fazer uma paradinha aqui, não deixe de ir até as Heads do Knysna. Ah! Gosta de elefantes? Aqui tem um santuário especialmente para eles.

Plettenberg Bay: praia, focas e muito mais!

Nossa ideia inicial era passar duas noites aqui, mas o Fabio ficou muito aflito ao ver a previsão de ondas de Jeffrey’s Bay e quis ir um dia antes para lá. Aqui é a porta de entrada mais próxima do Tsitsikamma, o parque nacional com o maior bungee jump de ponte do mundo (outra coisa que nós não tivemos tempo de fazer). Se você quiser fazer um passeio bacana, faça o passeio com as focas….deve ser bem bacana!

Jeffrey’s Bay: a meca do surf

Jeffrey’s Bay é famosa entre os surfistas por ter uma das melhores ondas do mundo, mas também é uma cidadezinha ótima para relaxar. Gosta de roupas de surf? Aqui você vai encontrar outlets das melhores marcas e com preços muito convidativos.

Sentiu falta de um safári?

Safari Gondwana-10

Nós ficamos hospedados no Gondwana, uma propriedade linda e com um espaço maravilhoso para os animais. Vale a pena conferir.

*Agradecimentos a South African Airways, Good Hope Studies, South African Tourism e Gondwana Game Reserve por mais uma viagem linda pela África do Sul


Tags from the story
More from Deise de Oliveira

Cachoeiras Almécegas I e II da Chapada dos Veadeiros

Eu sei, este nome é simplesmente terrível de lembrar, e é por...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *