Segway pela vinícola Spier em Stellenbosch


Um dos passeios mais bacanas que fizemos nessa última viagem à África do Sul foi certamente o passeio de Segway pela vinícola Spier, que fica na região de Stellenbosch. Na verdade, essa vinícola foi uma das experiências mais marcantes dessa minha viagem e, por isso, acredito que esse espaço merece uma postagem exclusiva, além dessa do segway.

Segway pela vinícola Spier em Stellenbosch

Nós chegamos na vinícola Spier no final do dia e ficamos sabendo que haveria um último passeio de Segway, mas teríamos que apenas fazer o check in e sair correndo para o ponto de encontro. Também fomos avisados que havia uma grande possibilidade de chover durante o passeio e eles perguntaram se mesmo assim, nós queríamos fazer o passeio. Não pensamos duas vezes e aceitamos o convite. Quando estaremos novamente aqui?

O começo do passeio começou com uma preparação, como uma aula de direção com o Segway. Cada um de nós teve a chance de aprender o mecanismo e fazer um trajeto teste para ver se estávamos prontos para começar o passeio. No começo, como tudo, achei difícil, pois o mecanismo é bem sutil e qualquer movimento pode levar a uma queda. Depois, fomos tomando confiança e tudo foi ficando mais fácil. O treinamento deve ter durado uns 30 minutos.

Procurando hotel? Reserve aqui em parceria com a Booking.com!

Depois, seguimos para o passeio pela propriedade. Nossa guia deixava que nós parássemos toda vez que queríamos tirar fotos (não era permitido tirar fotos com o Segway em movimento por questões de segurança). A propriedade é bem grande e todas as plantações são orgânicas. Embora o foco do passeio fossem os vinhedos, para mim, o ápice do passeio foi conhecer as fofas galinhas que moram lá. 🙂

Elas ficam livres e são muito simpáticas. Sempre que aparece um visitante, elas vem cumprimentar! Ah, elas não são mortas, apenas os seus ovos são usados na cozinha do hotel e o estrume é usado como adubo para as plantações da propriedade. Legal, é?

Momento recordar é viver: quando eu era criança, eu tinha um galinheiro em casa. As minhas galinhas eram muito bem cuidadas e todas tinham nomes, inclusive uma que apareceu certa vez no portão da minha casa e que, por causa disso, foi batizada de Aparecida! hahaha

Ah, você lembra que eu havia falado que havia uma previsão de chuva? Pois, é! Choveu no final do nosso passeio e chegamos no hotel bem molhados. Mas valeu a pena mesmo assim.

Informações

Preço: o tour pela propriedade dura 1 hora e custa 300 rands.

Reservas: faça a sua reserva aqui.

*Agradecimentos a South African Airways, South African Tourism e Gondwana Game Reserve por mais uma viagem linda pela África do Sul


Tags from the story
More from Deise de Oliveira

Onde comprar na Rua São Bento em SP

Primeiramente, gostaria de dizer que esta lista não tem o intuito de...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *