Cemitério do Père-Lachaise em Paris

Início França Cemitério do Père-Lachaise em Paris

- Publicidade -

 

Esta semana eu estava conversando com minha irmã, e de repente uma música do The Doors começou a tocar. Imediatamente ela se lembrou do Jim Morrison e do túmulo dele que fica em Paris. Daí começamos a conversar sobre a decepção que foi ver um túmulo tão feio e tão sem graça.
E pronto! Daí nasceu a idéia de se falar sobre o enorme cemitério do Père-Lachaise.
Se vocês leram os outros posts do site, já sabem que eu gosto mesmo de visitar os cemitérios por onde eu viajo. Além de muitos deles serem bem bonitos, você poderá passar a tarde com os seus escritores prediletos, ou pelo menos a tumba deles!rsrs

- Publicidade -

Para chegar no cemitério mais visitado do mundo, desça na estação de metrô Phillippe Auguste ou Gambetta ou Père-Lachaise. Tudo depende de qual linha você pegará para chegar aqui. A visitação é grátis e no escritório de conservação você conseguirá uma mapa – de graça- com a indicação de todas as tumbas de personalidades bem importantes na história da música, literatura, e artes em geral. A rua do escritório é a Rue du Repos e ela fica bem pertinho da estação Phillippe Auguste. Se você vier da estação Père-Lachaise, é só seguir a rua Menilmontant e você chegará lá.
Os horários de funcionamento são: de segunda a sexta das 8:00 às 18:00, sábado das 8:30 às 18:00 e domingos das 9:00 às 18:00. No meio de março até novembro, o cemitério fecha meia hora mais cedo.
O cemitério é bem grande mesmo. Eu passei a tarde inteira passeando por entre as ruas….eu não me cansava de procurar as tumbas dos meus escritores preferidos. Já a minha irmã quando foi, só deu uma passadinha. Vai do gosto do freguês.
Certamente a tumba mais famosa é a do Jim Morrison. Quando você chega perto da tumba, me lembrou um pouco da impressão que eu tive quando vi a Monalisa: só isso? rsrs. Não me levem a mal, mas o quadro é tão pequenininho e numa proteção de vidro….uma decepção. A mesma coisa com a tumba do Jim Morrison, tem tanta gente em volta que quando você de fato consegue enxergar algo, se decepciona. Tirem as suas próprias conclusões.
Uma tumba que eu fiquei bastante emocionada de ter visto foi a do Oscar Wilde. Um dos meus escritores preferidos está enterrado aqui. A sua tumbatem um formato estranho, que me lembra algo do Egito. Fãs do mundo inteiro vem para cá e deixam marcas de batom na tumba. Ela já foi restaurada uma vez, mas os fãs continuam vindo e deixando suas marcas de beijo.
Outras tumbas de pessoas importantes: Piaf, Apollinaire, Balzac….
Não tenham medo! Visitem este l

ugar lindo! Vocês não vão se arrepender!

Mais dicas de Paris? Veja nosso Guia para viajantes!

Booking.com
Deise de Oliveirahttp://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Booking.com
VIAGEMPELOMUNDO5
- Publicidade -