Varsóvia: primeiras impressões


Cheguei em Varsóvia em um trem cheio de poloneses. Não sei nada de polonês e não conseguia ler as informações do tícket mas, para minha sorte, havia varios velhinhos poloneses que falavam russo lá. Sentei numa cabine onde havia uma velhinha polonesa que não parava de falar, mas foi por conta dela que eu não perdi a estação onde eu deveria descer.

Saindo na plataforma, o meu amigo já estava lá mesmo me esperando. Ufa! Nós fomos até o carro dele e seguimos direto para sua casa. O seu irmão gêmeo já estava lá cozinhando e a minha outra amiga – que estava estudando há 5 horas dali – viria para me ver somente por uma noite.
Horas depois, seguimos para a estação de trem para pegar minha amiga. Ela ficaria somente aquela noite e partiria na manhã seguinte cedo: ela tinha uma prova na faculdade e havia ido só para me ver mesmo. Acredita? Pois é. Muito fofo da parte dela.
Demos algumas voltar pela cidade à noite e fomos dormir. Estávamos todos muito cansados. No dia seguinte, minha outra amiga estaria nos esperando para almoçarmos juntas em um shopping de lá. Foi muito legal ver todos os meus amigos poloneses, mesmo que por pouco tempo.
É inegável que Varsóvia tem um ar soviético, mesmo que muitos deles não admitam. A cidade foi totalmente bombardeada na Segunda Guerra Mundial e toda reconstruída. Há diversos postais e cartazes espalhados na cidade mostrando o antes e o depois. O governo não quer deixar a população esquecer o que houve e está mais do que certo.

Mais sobre Varsóvia:
Monumentos espalhados por Varsóvia
A Cidade Velha de Varsóvia
Lazienzki Park – Varsóvia

Curta e compartilhe

More from Deise de Oliveira

O que fazer em Joanesburgo, África do Sul: roteiro de 2 dias

Joanesburgo, na África do Sul foi sempre renegada pelos turistas (muitos escolhem...
Read More

7 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *