Vai viajar para Bath? Então leia as nossas dicas do que ver e como chegar lá saindo de Londres em um roteiro de 1 dia! Dá pra sair de manhã Londres e voltar no final de tarde.

O que fazer em Bath, Inglaterra: roteiro de 1 dia

Bath está a leste de Londres, no condado de Somerset e tem uma população de quase 84.000 pessoas. Embora pertença àquele condado, ela tem independência administrativa por conta de um tratado assinado pela rainha.

Bath – Inglaterra: introdução

Primeiramente aqui foi um “spa resort” dos romanos em 43 a.C. e tinha o nome de Aquae Sulis (as águas de Sulis). Aqui eles construíram um templo e banhos de águas sulfurosas (naturalmente quentes). O curioso é que esse tipo de água quente só pode ser encontrada nessa região, e em nenhum outro lugar da Inglaterra.  Agora eu fico me perguntando: se os romanos encontraram esse único lugar de fonte de água quente natural na ilha, provavelmente eles andaram por outros lugares até encontrar o local “sagrado”, não? Não deve ter sido mera coincidência a chegada deles aqui.
 
Bath ganhou certa importância quando foi usada a igreja local para a coroação do rei Edgar em 973. Durante a era Georgiana tornou-se um conhecido “spa resort”.  Ou seja, essa cidadezinha tão linda tem sido a “queridinha” de muita gente por um bom tempo.

O que fazer em Bath, Inglaterra: roteiro de 1 dia

Então agora, colocarei as dicas dos lugares que você não pode deixar de visitar em Bath. Todo o roteiro poderá ser feito a pé mesmo (o que é uma maravilha, não acham?). Para visitar todos os lugares, sugiro que você tenha pelo menos metade de um dia (mais uma hora de almoço) para conhecer cada lugar com calma.
 

Ande costeando o rio Avon

O que fazer em Bath

A vista do rio realmente impressiona. Nas margens dele tem parques que ficam cheio de gente se o sol estiver presente. É um ótimo lugar para tirar fotos, especialmente da pequena queda d’água e dos patinhos que ficam ali como que “surfando”. Me diverti só olhando para eles e tentando entender o que aquele submarino russo estava fazendo ali (a Rússia me persegue, não tem jeito). Não deixe de tirar fotos da Pultney Bridge com o rio: uma bela imagem de cartão-postal.

ALMOÇO EM CRUZEIRO NO RIO AVON

SEGURO VIAGEM COM DESCONTO?

Vai viajar? Não se esqueça de fazer o seu Seguro Viagem, pois ele além de ser um item indispensável para quem não quer gastar uma fortuna com imprevistos, é obrigatório para viagens para a Europa, por exemplo. Faça sua cotação e parcele em até 9X no cartão ou pague no boleto. Use o CUPOM VIAGEMPELOMUNDO5 para ter 5% de desconto!

Bath Abbey 

O que fazer em Bath-8

Se você estiver em Bath, você não pode deixar de dar uma passadinha na igreja mais importante de Bath. Ela fica bem no centrinho da cidade e não vai ser muito difícil de encontrá-la, na verdade se você olhar para cima, em muitos pontos já poderá enxergá-la.

A igreja foi criada no século 7, reorganizada no século 10 e depois reformada e reconstruída algumas outras vezes durante o curso da história.

Da mesma maneira que a catedral de Salisbury, essa aqui também foi construída em formato de cruz. Embora ela seja menor do que a de Salisbury, ela é muito bem mais acabada e detalhada. Não tem como não se impressionar com a magnitude da construção. Muita gente já foi enterrada aqui e cada um deles tem o seu próprio monumento.

 
Os vitrais obviamente são enormes e muito coloridos. Se você der sorte de pegar um dia de sol, terá imagens lindas dos raios de sol entrando por eles. Lindo mesmo. Ah, para entrar você não paga mas é incentivado a deixar um dinheirinho para ajudar na reforma e conservação da igreja.

Mais informações no site da igreja.

TOUR BATH E STONEHENGE

Royal Crescent

O que fazer em Bath-7

O Royal Crescent (como o nome já diz) é um conjunto de 30 unidades residenciais em formato crescente. Quem bolou esse lugar foi um arquiteto bem famoso aqui na região: John Wood the Younger. Ele foi construído durante os anos de 1767 a 1774 e é um grande exemplo de arquitetura Georgiana.

Se você é intelectual e tem dinheiro, esse é o point para se morar. Muitos filmes já foram filmados aqui. Também, né? Uma vista dessa é desaforo!rs Inicialmente o complexo se chamava apenas Crescent, mas depois que o príncipe Frederick morou aqui, adotou-se a palavra Royal. O quarto número 1 agora é um museu com exemplos das possíveis mobílias utilizadas pelos antigos moradores daqui.

The Circus

O que fazer em Bath-2

O nome inusitado tem uma explicação simples: em Latim, Circus significa algo oval, circular. Sacou? O complexo é dividido por 3 segmentos de igual tamanho onde no centro encontra-se uma pracinha com algumas árvores.

O arquiteto responsável pela construção foi John Wood the Elder e o projeto foi iniciado no ano de 1754 e completado em 1768. Assim como o Royal Crescent, ele é um grande exemplo de arquitetura georgiana. A inspiração para a criação do espaço? O Coliseu! Não poderia ter sido diferente em um cidade que fez sua fama por conta dos romanos que vinham para cá, não acham?

Passear pelo centrinho

Embora a cidade seja bem pequena, aqui você vai encontrar tudo o que você precisar. Restaurantes, bares, supermercados e lojas. Eu até encontrei em uma das pracinhas essas cadeirinhas super confortáveis para me sentar. Um barato, né?

Roman Baths – Inglaterra: o melhor de Bath

O que fazer em Bath-3

Não adianta. As pessoas vêm para Bath mesmo é para ver os rastros dos romanos por aqui e o famoso banho de águas quentes. Por mais clichê que isso seja, os banhos ainda continuam sendo o melhor passeio para se fazer em Bath.

Bath como Patrimônio Mundial da UNESCO

Em 1987 a UNESCO colocou Bath em sua lista Patrimônio Mundial (bem merecido, por sinal). Embora a cidade tenha um passado muito forte, ela também é muito jovial ao mesmo tempo. Por conta das duas universidades, ela também atrai muitos jovens e se tiver um pouco de sol, você os encontrará nos parques da cidade.
 
Bath também tem muita opção de cultura com cinemas, teatro, música e livrarias. Não pense que só porque a cidade é pequena você não vai ter nada pra fazer; muito pelo contrário. Só de andar sem rumo por entre as ruas já é um belo passeio. Aproveite que não é preciso de ônibus para conhecer os melhores lugares e caminhe muito!

Como chegar em Bath saindo de Londres

Bath é uma ótima opção de passeio bate-volta saindo de Londres, já que fica a apenas 90 minutos da estação Paddington em Londres. Então, se sua opção for ir para lá saindo de Londres, aqui vão as opções.

trem: a estação de Bath se chama na verdade Bath Spa e fica bem no centro da cidade. Você não vai precisar nem pegar ônibus para conhecer os pontos turísticos. Uma mão na roda! Existem trens saindo regularmente de Bath Spa para Paddington e vice-versa. Para comprar a passagem, entre nesse site da Virgin Trains que aceita cartões de créditos do Brasil. O ideal é que você compre as passagens com antecedência de pelo menos 1 mês, para conseguir os melhores preços.

– ônibus: dependendo de onde você estiver, existe também a possibilidade de se pegar um ônibus até lá. A questão é que o ônibus é mais demorado. Se você estiver com tempo e querendo economizar uns trocados, Visite o site na National Express para mais informações. Geralmente as passagens de ônibus são mais em conta.

Como eu fui: como eu estava em Oxford, eu peguei um trem comprado pelo site da Virgin Trains até Bath Spa (com troca de trens em Reading). O trajeto durou mais ou menos 1.30 e foi muito tranquilo!

Tour para o Stonehenge, Windsor e Bath?

Não tem tempo a perder? A WePlann tem um tour perfeito para você. E o melhor: você paga em reais e pode dividir em até 6X no cartão!

TOUR STONEHENGE, WINDSOR E BATH EM PORTUGUÊS


VIAGEM COM DESCONTO?

Nós temos diversos parceiros para te ajudar a viajar mais barato:
Booking.com

5 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here