Chegando em Buenos Aires pelo Aeroparque

Início Argentina Chegando em Buenos Aires pelo Aeroparque

O aeroporto do Aeroparque seria como o aeroporto de Congonhas para os paulistanos. Algum tempo  atrás, somente o aeroporto de Ezeiza era usado para viagens internacionais, mas já faz alguns anos que  a GOL começou a voar para cá – e geralmente os preços para esse aeroporto são bem mais em conta.

- Publicidade -

Para quem quer praticidade, o Aeroparque é ótimo, pois fica dentro da cidade. Os únicos pontos negativos é que não há uma casa de câmbio do Banco de la Nacion (lugar onde você consegue trocar dinheiro sem perder com o câmbio) e o Free Shop também não é lá essas coisas.

REMIS e TÁXIS

Se você não se importar com esses pontos negativos, acredito que vale a pena chegar por aqui pela praticidade. Nós contratamos um remis de uma das cabines dentro do aeroporto (pode ser mais caro, mas também é mais seguro) que nos custou 70 pesos até a Recoleta. Na verdade eu esperava que fosse ser mais barato, mas os preços por aqui aumentaram muito. O bom é que você paga antes, em dinheiro, então não terá surpresas depois.

- Publicidade -

A dica aqui então é: vá até o lado de fora do aeroporto e pegue um táxi na calçada do aeroporto. Eles custam em média a metade do preço dos remises (cerca de 30 pesos até a Recoleta).
Contratando um táxi comum, o taxímetro vai estar rodando, e você só saberá quanto custou a corrida na chegada ao desitno.
No entanto, eu já ouvi muita gente falar que o taxímetro corria demais e pagaram praticamente o mesmo preço de um remis por um táxi.
DICA: se você quiser arriscar e pegar um táxi, vá até o desembarque doméstico. Como lá tem mais argentinos viajando e menos turistas, as chances de você ser trapaceado será menor. Vi muita gente que fez isso e se deu bem!

ÔNIBUS

São quatro ônibus de diferentes pontos da cidade que passam por aqui: 160, 33, 37 e 45. O valor é de 2 pesos e a maquininha somente aceita moedas.

Linha 33 – Rota Cidade Universitária – Av. Prof. Custo. R. Obligado – Aeroporto – Pto. Nuevo /
Estação do Retiro / P.Colon / Dock Sur – Puerto Madero – Nuñez / Ing. Huergo – Suarez / H.Cortéz
– Ramal / Barracas – Lamadrid / Califórnia – Puente Pueyrredón – Av. Prof. Pte. B. Mitre –
Cnel.Magán / Agüero – M Madariaga – C Cementerio – C.Urugayo / Cnel Burelas.

Linha 45 – Rota Cidade Universitária – Aeroporto – Av.Cost.R.Obligado – Pto.Nuevo / Estação
do Retiro – Reconquista – Maipú / Chacabuco – Plaza Constitución – Caseros / Barracas – Hosp
Rawson G – Instituto Nacional Salud Mental – O.Cruz / V.Sarsfield – Pte.Victorino Praça – F.Pienovi
/ Equador – B.Rivadavia / H.Irigoyen – Est.Lanús

Linha 160 –  Rota Cidade Universitária – Av. Figueroa Alcorta – Pacifico / Plaza Italia – Las
Heras / S Ortiz – Paraguai / Medrano – Venezuela / Boedo – C Barros / Av. Sáenz – Hospital de
Aeronáutica – Puente Uriburu – V Alsina / Humaitá – Viamonte / Moreno – Avenida H Irigoyen –
Ruta Nacional 210 – Alsina / San Martín – Est. Claypole

Booking.com
Deise de Oliveirahttp://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

5 COMENTÁRIOS

  1. Eu já cheguei em Buenos Aires por Ezeiza e pelo Aeroparque e acho o segundo muito melhor. É mais próximo da cidade e o táxi fica baratinho! Se tivesse uma agência do Banco de La Nacion para fazer cãmbio, seria perfeito!

  2. Agora já existe um Banco de La Nación no Aeroparque, mas não compensa trocar muito dinheiro lá, pois perde-se muito na conversão. O ideal é tirar o dinheiro no caixa eletrônico (que às vezes está quebrado).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Booking.com
VIAGEMPELOMUNDO5
- Publicidade -