Bungee Jump (swing) no estádio em Durban, África do Sul

África do Sul Bungee Jump (swing) no estádio em Durban, África do Sul

Uma das lições que aprendi na África do Sul é que sim, houve alguns elefantes brancos pós-Copa do Mundo, mas certamente o estádio Moses Mabhida em Durban não é um deles. Só para vocês terem uma ideia sobre o que eu estou falando: os arquitetos responsáveis pelo projeto do estádio já sabiam que era necessário otimizar e usar o espaço de maneiras diferentes, diminuindo assim o prejuízo de ficar diversas semanas sem jogo.

Bungee Jump (swing) no estádio em Durban, África do Sul

O que fazer em Durban-11

 

E o que exatamente eles fizeram? Bem, eles projetaram um arco que circundaria o estádio para a prática de big swing, que é basicamente um bungee jump com a diferença de ao invés de você ser impulsionado em direção ao chão, você voará como um pêndulo.

O que fazer em Durban-13

Este é o maior swing do mundo e com 106 metros de altura e com uma vista linda da cidade – é na África do Sul  também que fica o maior bungee jump de ponte do mundo! Sendo o maior, isso significa que ele já foi parar no Guinness (o livro dos recordes) e turistas aventureiros de todo o mundo estão vindo para cá experimentar o brinquedo. Sabe o que isso significa? Significa missão cumprida. O estádio virou ponto turístico e já entrou no imaginário dos aventureiros de plantão. A pessoa mais nova que já pulou tinha 8 anos e a mais velha 75 anos (quero ser uma velhinha corajosa como ela!).

O que fazer em Durban-14

Quanto ao pulo, eu estava ansiosa durante o dia todo. Eu costumo enjoar em montanha russa, barco, estrada, em tudo o que você pode imaginar. O meu medo era de enjoar aqui também. Tentei comer bem pouco, embora fosse quase impossível: a comida aqui é muito boa!

Seguimos direto para a loja do Big Rush para ouvirmos as instruções. Era impossível não suar frio. Eu iria pular de uma altura de 106 metros! E se o meu coração parasse? E se eu vomitasse de lá de cima? Será que eu iria desistir? Eram tantas as dúvidas!

Hotel na África do Sul? Reserve conosco em parceria com a Booking.com!

Colocamos os equipamentos e fomos em direção ao arco. E eu achando que nós iríamos de elevador até o topo…que nada! E lá fomos nós subir os quase 300 degraus. E como nós estávamos ligados a um fio todo o tempo, tínhamos que nos abaixar a cada 3 degraus para conseguir passar o nosso equipamento. Isso significou uma bela dor nas costas no dia seguinte. 😉

E finalmente subimos. Cheguei lá no topo quase sem ar e tão nervosa que a minha pressão baixou. Sentei, respirei fundo e pensei: “bom, ninguém nunca morreu aqui e eu não serei a primeira”. E continuei respirando. Logo já estava melhor e só era hora de esperar a minha hora (notou o trocadilho? ;)).

E chegou a minha vez. Eu estava muito nervosa e ainda estava hesitando…será mesmo que é seguro? Agora uma coisa eu tenho que dizer: em nenhum momento eu fiquei sem estar presa a um mosquetão. Não havia nenhuma chance de eu cair. Nenhuma.

Desci a escada e fui para a plataforma. Suor. Tremor. Medo. Era uma mistura de sentimentos que eu nem consigo explicar. E ao chegar na plataforma o instrutor disse: “coloque os seus pés até a metade da beira da plataforma”. Eu fui colocando os pés tão devagar, na esperança de que eles fossem esperar o momento….e..AAAhhh! Eles me deram uma pequena empurradinha!

No começo o medo era tão grande que eu nem conseguia gritar. Depois do primeiro loop, comecei a gritar tanto que até parecia que eu teria um filho! A sensação de relaxamento era tão grande, o alívio, a felicidade…eram tantos sentimentos bons juntos!Estava viva e pronta para tomar um vinho! 😀

Saí de lá com a sensação de missão cumprida. Se eu não tivesse pulado eu certamente teria me arrependido. Foi uma experiência incrível e que eu não vou esquecer.

Mais dicas do que fazer em Durban? Veja o nosso roteiro de 2 dias pela cidade!

Informações

  • Preço: R595 (cerca de R$200 reais)
  • Chegue com pelo menos 20 minutos de antecedência e reserve seu pulo no site: http://www.bigrush.co.za/
  • Vista roupas confortáveis
  • Endereço: Shop 15, Moses Mabhida Stadium, Durban
  • Horário: das 9h às 17h (os saltos vão depender das condições climáticas).
  •  *O Viagem pelo Mundo viajou a convite do Turismo da África do Sul e da South African Airways 
Booking.com
Deise de Oliveirahttps://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

Related Stories

Booking.com
15,497FansLike
18,960FollowersFollow
23,596FollowersFollow

Mais populares

Mapa do rodízio em São Paulo e como evitar...

Uma coisa que não só os moradores de São Paulo devem saber, mas também...

Como chegar em Morro de São Paulo saindo de...

Para quem está com vontade de fazer um passeio em Morro de São Paulo...

Remédios para enjoo: leve em sua viagem!

Se você é assim como eu, enjoa só de olhar o mar, o ideal...

Viagem com cachorro para os EUA (na cabine)

Resolvi escrever esse post depois de encontrar informações bastante divergentes sobre viagem com cachorro...

Como chegar perto do letreiro de Hollywood?

Muitas das pessoas que viajam a Los Angeles desejam tirar fotos do famoso letreiro...

O que fazer em Florença, Itália: roteiro de 3...

Viajar a Florença (ou Fierenze) na Itália é o seu sonho? Então aproveite as...

Comments

  1. Deise que medo!!!! Mas que demais!!! 😀
    Pelas fotos não sei se teria coragem viu! rs É muito alto!!
    De qualquer forma é uma idéia sensacional essa! Nunca pensei que existisse uma coisa dessas num estádio! Muito legal!
    Parabéns pela coragem! 🙂

  2. Sensacional!
    Parabéns pela coragem! Não sei se eu conseguiria. Parece muito alto!
    Ótima ideia pra aproveitar o estádio e pra ter uma visão diferenciada da obra! 🙂
    Beijos,
    Lillian.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui