Global Pass da Rail Europe: a minha experiência

Trem França

Como muito de vocês sabem, a convite da Rail Europe, eu e o Fabio usamos o Global Pass em nossa última viagem da Europa. Agora é hora de falar para vocês o que achamos da experiência! Antes de mais nada, recomendo a leitura do post com dicas para andar de trem na Europa.

Global Pass da Rail Europe: a minha experiência

1. Qual passe escolher

A Rail Europe possui diversos tipos de passes de viagem de trem pela Europa, então, primeiramente, vale a pena pensar em quantos países você está pensando visitar e em quantos dias pretende usar trem. Só assim você vai saber se comprar o passe é realmente um bom negócio.

No nosso caso, usamos o Global Pass de 15 dias em 2 meses. Com ele, poderíamos usar nosso passe em 24 países da Europa. Cada dia viajado, tinha que ser anotado no passe, e poderíamos usá-lo apenas durante 15 dias. Se você pegar um trem noturno, conta como somente um dia, ok?

Existem também outras opções mais em conta, como o passe para apenas 1 país. Aí vai depender do seu roteiro mesmo. Quer saber qual é a melhor opção pra sua viagem? Veja neste link: http://www.raileurope.com.br/train-tickets/rail-passes/

2. Como usar o seu passe

É tudo bem simples: primeiro, você tem que “ativar” o seu passe na primeira vez que for usar. E o que isso significa? Significa que você terá que ir até um guichê e mostrar o seu passaporte e o passe. O funcionário vai carimbar o dia em que o seu passe foi usado pela primeira vez.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 25% DE DESCONTO?

Vai viajar? Não se esqueça de fazer o seu Seguro Viagem, pois ele além de ser um item indispensável para quem não quer gastar uma fortuna com imprevistos, é obrigatório para viagens para a Europa, por exemplo. Faça sua cotação e parcele em até 6X no cartão! CUPOM: QUERO25OFF

Depois, todas a vezes que você usá-lo, terá que escrever o dia e também o trajeto. Se o “controlador” te pegar dentro do trem sem você ter preenchido, terá que pagar uma multa.

3. Reservar seu assento

O que é muito importante você saber é que não é apenas comprar o seu passe e viajar. Alguns trens necessitam de reserva de assento, e mesmo com o passe você terá que pagar uma taxa extra para poder viajar neles.

Como saber qual trem precisa de reserva? Eu usei o aplicativo para celular da Rail Planner. Ele não precisa de internet para funcionar e além de me dar informações sobre trajetos e horários, também dizia se precisava de reserva.

Você tem a opção de reservar seu assento daqui do Brasil, mas terá que desembolsar uma boa grana de taxa de entrega. Eu até comprei 2 tíquetes do Brasil, mas me arrependi, pois se tivesse comprado lá na França mesmo, teria economizado uma boa grana. Algumas das taxas de entrega custavam 50 reais!

4. Nossa viagem pela Europa

Como nós não queríamos desperdiçar um dia de passe em uma viagem curta, nós usávamos apenas em viagens mais compridas e mais caras. Quando o trecho era bem barato, pagávamos do nosso bolso mesmo.

A nossa combinação foi a seguinte: avião para trechos longos, trem para trechos médios e curtos, e carro quando queríamos fazer um trecho que seria impossível de trem. Nossa escolha foi muito acertada e foi ótimo! Viajar de trem pela Europa é uma delícia, eles quase não atrasaram (na França atrasaram algumas vezes, mas tudo dentro da normalidade) e são super confortáveis.

5. Nossa opinião final

Acreditamos que o passe vale muito a pena para quem for fazer viagens longas e vários trechos. A praticidade de não ter que ir na bilheteria (quando são trens que não precisam de reserva) também é um ponto positivo. No entanto, vale a pena fazer as contas para ver quanto sairia a sua viagem comprando as passagens individuais.

*O Viagem pelo Mundo viajou pela Europa com o Global Pass, cedido pela Rail Europe

 

Booking.com

VIAGEM COM DESCONTO?

Nós temos diversos parceiros para te ajudar a viajar mais barato:

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá Deise, ótimo post!

    Estou pensando fazer algo parecido, utilizar o Global Pass de 21 ou 30 dias (contínuos), pois pretendo ir em julho do próximo ano, bem na alta estação, onde tudo fica muito mais caro. Meu receio é quanto a dificuldade em conseguir vagas nesses trem que necessitam de reserva, você passou por algo assim?
    Obrigado!

    • Oi Silas, eu também estava com esse medo e até comprei algumas passagens do Brasil. Depois me arrependi, pois só perdi dinheiro. Nos trens mais cheios, se você comprar a passagem 2 dias antes já é o suficiente.

  2. as reservas vc fez como? Estou indo em maio e estou com muitas duvidas, tipo estou querendo pegar o global e ir lisboa; espanha;franca e italia… Vc acha uma boa? Como faria reserva noturna??

    • Oi Patricia,
      o link para fazer as reservas está no texto. Acho melhor você fazer as contas e ver se vai ser mais barato do que comprar cada passagem individualmente. Pelo site da RailEurope você consegue fazer todas as reservas e pagar com cartão de crédito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here