O que fazer em Dijon, França: roteiro de 2 dias

O que fazer em Dijon

Não sei vocês, mas quando eu ouvia o nome “Dijon”, a única coisa que me vinha à cabeça era a tão famosa mostarda. A minha decisão de conhecer a cidade foi por uma questão prática: ela me parecia ser a cidade mais interessante que há entre Lyon e Paris e todos os textos que eu havia lido sobre lá me deixaram com vontade de conhecer a pequenina cidade. E de fato eu não me arrependi: Dijon tem muito mais para oferecer do que a tal mostarda. Leia o nosso post sobre o que fazer em Dijon, França: roteiro de 2 dias.

O que fazer em Dijon, França: roteiro de 2 dias

Onde ficar em Dijon

Listamos aqui os melhores hotéis em Dijon.

MELHORES HOTÉIS EM DIJON

Dijon é a capital de Burgundy (Borgonha), uma da regiões mais conhecidas pelo vinho. Entre os séculos XIV e XV, a região era tão importante quanto Paris – cidade que certamente inspirou a arquitetura da cidade, que tem até um pequeno Arco do Triunfo. E foi principalmente nesta época que artistas renomados foram trazidos para cá. A ideia era fazer com que Dijon fosse cada vez mais importante no cenário cultural europeu.

O que fazer em Dijon-10

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 25% DE DESCONTO?

Vai viajar? Não se esqueça de fazer o seu Seguro Viagem, pois ele além de ser um item indispensável para quem não quer gastar uma fortuna com imprevistos, é obrigatório para viagens para a Europa, por exemplo. Faça sua cotação e parcele em até 6X no cartão! CUPOM: QUERO25OFF

A cidade tem tem um dos centros históricos mais preservados da França e foi um prazer poder andar por aqui. Por ser pequena, você pode caminhar para boa parte dos lugares. E foi aqui que eu descobri que a maioria da produção da mostarda de Dijon não é mais feita aqui: a maioria agora vem do Canadá. Chato, né? Se você se interessar, existem alguns workshops para fazer sua própria mostarda.

O que fazer em Dijon-9

Algumas coisas já são possíveis notar logo ao chegar: ainda existem muitas casinhas preservadas (bem parecidas com aquelas que encontramos na Inglaterra) de madeira pintadas de branco e preto, ou vermelho. Infelizmente muitas já não existem mais, mas ainda podemos encontrar algumas delas.

Também notei algumas casas de teto colorido: elas significavam que alguém muito importante e rica morava ali. E não é que os telhados estão perfeitos até hoje? Muito bonito!

WALKING TOUR EM DIJON  PASSEIO DE BALÃO SAINDO DE DIJON

Dia 1 – Percurso da Coruja – uma caminhada pelo centro histórico

O que fazer em Dijon-7

Comece o seu passeio com o Percurso da Coruja. O nome se deu por conta de uma rocha em formato de coruja que foi encontrada em uma parede na igreja de Notre Dame, bem no centro. Dizem que se você tocá-la com a mão esquerda, trará sorte para a sua vida. Não custa nada tentar, né? E não é que o animal acabou virando símbolo da cidade? Em todas as lojinhas de souvenirs você irá encontrar uma corujinha para dar de presente.

Para escolher o que você deseja visitar do Percurso, visite o Office de Tourisme ao lado da estação de trem, ou na rua des Forges, 11 (no centro da cidade). Lá eles tem um livrinho com o roteiro para você seguir. O legal é que você pode fazer tudo caminhando e sem guia.

Aproveite também para comprar o Dijon City Card (12 euros) e agendar as visitas guiadas que você for fazer. Ele vale bastante a pena, pois inclui museus, 1 passeio de segway e 2 visitas guiadas em um só preço. A validade é de 1 ano.

A duração do percurso vai depender de você. Todos os pontos são grátis, menos algumas possíveis exposições temporárias. É só seguir as placas douradas com o desenho da coruja! Bem fácil!

Subida na Torre Phillipe, le Bon – uma vista linda de Dijon

O que fazer em Dijon-12

Sempre que possível, eu gosto de ver a cidade em que viajo do alto. Adoro a ideia de conseguir se localizar e ver o lugar por uma outra perspectiva.

Embora a torre não seja tão alta – ela tem apenas 46 metros – já dá pra ter uma boa ideia da região, inclusive de ver como os vinhedos estão próximos. Foi de lá de cima também que eu consegui fotografar os lindos telhados coloridos.

O que fazer em Dijon-11

Um pouco de história: datada do século XV, a torre foi construída a pedido do Duc de Borgonha, Felipe, o Bom (sim, ele se autointitulou como “o bom”!) para mostrar ao povo a sua importância e riqueza. Dizem que quando o tempo está limpo, você pode até ver o famoso Mont Blanc. Preço: 3 euros, ou grátis para quem tem o Dijon City Card. A subida deve ser obrigatoriamente feita com guia e reservada.

Palais des Ducs et des États de Bourgogne

O que fazer em Dijon-3

Aproveite que você estará bem pertinho e siga até  o palácio dos duques da Borgonha. O lindo palácio é o prédio mais importante da cidade e é deslumbrante. Se você conseguir, faça também uma visita guiada ao local, assim você terá acesso a áreas que não poderia ir sozinho.

Museu de Belas Artes

O que fazer em Dijon-4

Se você tiver sem tempo e quiser visitar apenas um museu, visite este aqui. Localizado dentro do palácio dos duques, o acervo é bastante extenso. Se você não gosta de arte, então venha aqui pela arquitetura. Os salões são deslumbrantes! Com obra que contam um pouco da história da região, aqui também você encontrará uma coleção modesta de obra modernas, como Monet e Rodin.

Dia 2

Passeio de Segway

Quer conhecer Dijon de uma maneira diferente? Então faça o passeio de segway (aquelas “motinhos” de 2 rodas) e conheça um pouco mais das histórias da cidade. Se você já estiver cansado de caminhar, esta é a melhor solução!

Jardim Darcy

Este é um lindo parque bem pertinho da estação de trem de Dijon. Leve comida e faça um piquenique por aqui. O urso que você vai ver aqui é uma réplica do que está no Museu d’Orsay em Paris, de François Pompom.

Vinhos

Outra opção é fazer algum passeio dedicado aos vinhos da região. No Office de Tourisme da cidade tem saídas regulares de passeios de um dia inteiro e também de meio período. Veja as opções aqui: http://www.visitdijon.com/fr/dijon_visites_individuels.htm

Ingressos, tours e passeios

TOUR DIJON – VEJA TODOS AQUI

Como chegar em Dijon

Dijon está localizada na região de Burgundy, sudoeste da França. De TGV (o trem rápido francês), o trajeto dura menos de 2 horas e sai da Gare de Lyon em Paris.

Precisa reservar hotel em Dijon? Reserve conosco em parceria com a Booking.com!

*Agradecimento à Rail Europe por nos ceder o Global Pass e ao Office de Tourisme de Dijon por nos ceder o Dijon City Card.

Booking.com

VIAGEM COM DESCONTO?

Nós temos diversos parceiros para te ajudar a viajar mais barato:

9 COMENTÁRIOS

  1. Estou em Dijon, cheguei meio tarde, mas já me encantei com o pouco que vi, amanhã vou continuar meu passeio, mas preciso ir embora cedo, valeu pra conhecer e vir numa próxima vez! Boas dicas… Elder Faria.
    (Brasil).

  2. Olá chegarei em Lyon dia 17 e gostaria de ficar dois dias no local. Depois quero seguir viagem para outros locais como Dijon. Terei até o dia 22. O que me aconselha fazer. Estarei indo em fevereiro.

  3. Oi Deise,
    Estou programando viagem a Dijon e iremos em 4 adultos (2 casais) e meu filho 1ano e 4meses, e gostaríamos de uma sugestão de excusrão em vinícula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here