Como morar em São Paulo e não falir

Início São Paulo Como morar em São Paulo e não falir

Hoje, no aniversário de São Paulo, me dei conta de que quase nunca escrevo sobre a “selva de pedra”. Temos textos detalhados sobre outras cidades do mundo, como Paris, Nova York, Barcelona, mas de SP, quase nada. Deve ser aquela história do “casa de ferreiro, espeto de pau”. Está pensando em morar em São Paulo e quer dicas para não falir?

Como morar em São Paulo e não falir

- Publicidade -

Eu tenho uma relação de amor e ódio com a cidade e eu nunca escondo de ninguém. Reclamo, acho tudo muito grande, muita gente, muito caro…mas quando vejo alguém de fora falando mal da minha cidade, não gosto! 😛 Acho que SP é uma ótima escola para quem quer conhecer pessoas novas, aprender a se virar e lidar com as diversidades. Depois de morar aqui, você conseguirá morar em qualquer lugar. Sério.

São Paulo é cara, caríssima

Um dos problemas de morar aqui é o preço de tudo. Se você, assim como eu e o resto da população, não tem tanto dinheiro assim, terá que morar um pouco mais distante do centro. No nosso caso, nós moramos na zona Oeste e demoramos uns 40 minutos para chegar até o centro. Foi o preço que nós pagamos para conseguir ter um imóvel não tão caro, um pouco maior e em um bairro mais tranquilo.

Tem pessoas que eu conheço que amam SP, mas elas tiveram a sorte de morar em bairros mais centrais e de ter um pouco mais de dinheiro para conseguir consumir o que a cidade oferece. Se você tem dinheiro, São Paulo fica maravilhosa! São tantos os restaurantes, bares e baladas, que você nunca vai se cansar.

Existe uma outra SP, cheia de opções grátis e parques

- Publicidade -

Fabio e Wurst no Minhocão

No nosso caso, somos o oposto disso. Resolvemos guardar uma parte do que ganhamos para viajar, o que significa que não sobra muito para sair para restaurantes. E posso ser sincera? Nós nem sentimos falta, pois adoramos ficar em casa, cozinhar e chamar os amigos. Por isso, ao mesmo tempo que eu amo a minha casa, sei que ela poderia estar em qualquer outra cidade do mundo, pois nem aproveitamos muito da “parte paga” da cidade. Não existe saída para um bar que você irá pagar menos do que 50 reais por pessoa. É praticamente impossível. Se você for a um restaurante mais chiquetoso, então, deixará pelo menos uns 100 reais, incluindo bebida. (Nesse site você consegue ter uma ideia do custo de vida em SP)

Então, eu te digo uma coisa: sabiba o quanto que você está disposto a pagar, que eu te digo que São Paulo você terá! 😉

Tem muitas pessoas que acabam indo morar na Europa e pagando o mesmo preço que pagavam em São Paulo. É não é mentira. Se você for morar em um país um pouco mais em conta, como Espanha ou República Tcheca, irá gastar praticamente a mesma coisa ou até menos.

A nossa SP é um pouco diferente dessa SP tão conhecida e famosa. Nossa SP é mais barata e inclui muitos passeios em parques, passeios de bicicleta, pistas de skate e alguns poucos barzinhos na rua Augusta, a rua mais hipster da cidade. Ela também é uma outra face bacana da cidade, mas que muita gente não dá valor.

Restaurante Chi Fu Liberdade

Por isso, digo que é possível conhecer lugares legais em Sampa sem falir. O negócio é pesquisar sempre. São muitos os restaurantes de cozinhas internacionais e com preços bem camaradas: tem um chinês na Liberdade e um peruano no centro que já recomendamos aqui.

Você vai aprender a ser sozinho

Se você for de uma cidade pequena, vai perceber que aqui os amigos não se veem tanto quanto em sua cidade. Tem amigos meus que dizem que sempre se encontravam depois do trabalho para tomar uma cerveja e, que depois que se mudaram para SP, eles não conseguem mais, pois cada um está em um canto da cidade.

São Paulo te ensina a ser mais independente e mais sozinho. Você nem sempre vai ter alguém de confiança ou a sua família perto para qualquer eventualidade. Lembra que eu disse que quem mora em SP mora em qualquer lugar?

Então, a pergunta que não quer falar: morar em São Paulo é bom? Bem, a minha resposta vai depender do dia. 🙂

 

Booking.com
Deise de Oliveirahttp://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

1 COMENTÁRIO

  1. Aaaaah, eu amo Sampa! Sendo da “província” Porto Alegre, sempre me encanto com a diversidade da metrópole paulista. Mas meus lugares preferidos são os parques. Até escrevi sobre o Ibirapuera em . Acho que vou voltar em março e tentarei ir na Augusta (pq meu orçamento tbm não tá pra restaurantes chiquetosos… hehe) Bjs

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Booking.com
VIAGEMPELOMUNDO5
- Publicidade -