Surf em Jeffrey’s Bay e os picos

Início África do Sul Surf em Jeffrey's Bay e os picos

Surfar em Jeffrey’s Bay era um dos maiores sonhos do Fabio. Desde quando chegamos em Cape Town, ele já estava ansioso pelo “surf da vida”. Só para vocês terem uma ideia, em Cape Town mesmo, nós fomos em uma loja para comprar uma prancha mais “parruda” para aguentar as ondas de lá. Pois é, surfar em Jeffreys’s Bay era assunto sério para ele. 🙂

- Publicidade -

Surf em Jeffrey's Bay e os picos

No primeiro dia em que chegamos, deixamos nossas malas no hotel (chegamos antes do horário do check in, mas eles conseguiram liberar um quarto para nós) e lá fomos nós para o pico mais famoso do planeta: o Supertubes. É nesse pico que acontecem as competições de surf, inclusive aquela em que Mick Fanning encontrou um filhote de tubarão, lembram?

Surf em Jeffrey's Bay e os picos

- Publicidade -

E por falar em tubarão, nesse que é um dos melhores picos do mundo há casos frequentes de ataques de tubarão. Por isso, ficamos bastante receosos quando vimos que naquele dia não havia ninguém na água.  Nós voltamos para a pousada e pedimos para a recepção ligar para alguma escola de surf e entender o porquê não havia ninguém na água…estávamos com medo de entrar sozinhos por causa dos tubarões. O cara disse que, como era meio da semana e horário comercial, as pessoas estavam trabalhando hahaha. Pois é, nós imaginávamos que Jeffrey’s Bay fosse uma cidade bem mais popular com o surf, mas percebemos que fora da temporada de torneios, ela é como uma cidadezinha qualquer.

Surf em Jeffrey's Bay e os picos

Então, entre um surf e outro, íamos fazer compras em uma das diversas outlets de marcas de surf. O Supertubes, como eu disse, é o pico para quem sabe surfar, pois as ondas são super rápidas. Eu nunca havia visto ondas tão longas na minha vida! Teve uma onda que o Fabio pegou, que ele foi tão longe que depois eu não conseguia mais vê-lo!

Surf em Jeffrey's Bay e os picos

Existem outros picos também bacanas, dependendo do seu nível de surf e da condição das ondas. A pousada onde ficamos, por exemplo, ficava em Magnatubes. Era possível ir a pé até a Supertubes ou ir de carro. O Fabio até caiu ali na frente, mas nada se comparava ao Supertubes.

Surf em Jeffrey's Bay e os picos
Não é tubarão! É golfinho! 😀

Para quem está começando, como eu, nada melhor do que a praia do centrinho da cidade, a Kitchen Windows. É ali que estão todas as escolinhas de surf e os locais para alugar equipamentos. A água é bem fria, para os meus padrões, e entrar sem long john estava fora de cogitação. Na verdade, eu até comprei uma botinha lá para não congelar…o melhor investimento da vida!

Jeffrey’s Bay é uma cidadezinha muito graciosa e que dá vontade de morar. Nós adoramos as pessoas que conhecemos e tudo o que vimos….que vontade de voltar!

E você? Já foi para Jeffrey’s Bay? Tem vontade de ir?

Booking.com
Deise de Oliveirahttp://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Booking.com
VIAGEMPELOMUNDO5
- Publicidade -