Como é ser anfitrião no Airbnb? Reflexões e dicas

Mais populares

Como chegar em Morro de São Paulo saindo de Salvador

Para quem está com vontade de fazer um passeio em Morro de São Paulo saindo de Salvador, deixaremos aqui algumas dicas para que você...

Remédios para enjoo: leve em sua viagem!

Se você é assim como eu, enjoa só de olhar o mar, o ideal é que você leve sempre com você um remédio para...

Viagem com cachorro para os EUA (na cabine)

Resolvi escrever esse post depois de encontrar informações bastante divergentes sobre viagem com cachorro para os Estados Unidos na cabine. Aqui colocarei todas as...

Como chegar perto do letreiro de Hollywood?

Muitas das pessoas que viajam a Los Angeles desejam tirar fotos do famoso letreiro de Hollywood. No nosso imaginário, achávamos que encontrar o tal...

Há alguns meses, resolvemos disponibilizar um imóvel para aluguel no Airbnb. Inicialmente, nós iríamos fazer um teste e ver se realmente valia a pena. Hoje, depois de mais de 6 meses de anúncio no ar, venho trazer aqui algumas reflexões sobre a dor e a delícia de ser um anfitrião no Airbnb.

Como é ser anfitrião no Airbnb? Reflexões e dicas

  • É muito mais trabalhoso do que você imagina

As pessoas não têm noção do trabalho que dá administrar um imóvel no Airbnb. São mensagens diárias com potenciais hóspedes que, na sua maioria, sequer nos são respondidas. Ainda bem que dentro da plataforma há um lugar em que você pode salvar algumas mensagens padrão. Isso facilita, pois geralmente os hóspedes perguntam as mesmas coisas.

Se você, assim como nós, prefere fazer tudo por conta para ter mais lucro, terá que dispender horas de mensagens, limpeza, troca de roupas de cama e banho e produtos em geral. Entretanto, ainda acho que fazer por conta me dá menos dor de cabeça do que contratar alguém. Além disso, nosso rendimento é maior. Não consigo entender como pessoas que moram em outra cidade conseguem fazer toda essa logística de forma com que isso ainda seja economicamente viável.

  • O “Airbnb da filantropia”

Serei sincera: gosto de conhecer pessoas, mas o nosso imóvel é um negócio e eu quero sim ter algum lucro financeiro. Entretanto, com a crise vi que cada vez mais as pessoas estão colocando os seus imóveis com preços incompatíveis ao padrão e localização. Isso faz com que um imóvel como o meu, por exemplo, que tem um preço justo, seja considerado um imóvel caro.

  • O Selo de Superhost

Suas estrelas estão diretamente ligadas à obtenção do selo de Superhost (uma categoria superior de imóvel), pois você deve ter 80% de avaliações 5 estrelas. Se um hóspede, por exemplo, queria ficar na Paulista, mas resolveu ficar no seu por ser um pouco mais em conta e te der 4 estrelas em preço e localização, pronto! Você corre o risco de não conseguir o tão sonhado selo.

  • As avaliações

O hospede não tem noção do poder que tem nas mãos. Como eu disse, aquelas estrelinhas podem tirar o selo de superhost de alguém ou até tirar o anúncio do ar. Parece exagero, mas não é. Para evitar notas muito baixas de localização, por exemplo, tivemos que colocar um print da localização no anúncio. Muitas pessoas nem veem, mas a informação está lá.

Decidimos fazer isso depois de receber um hóspede que queria alugar por mais tempo, perguntou a localização (e nós falamos) e depois nos deu 3 estrelas pelo fato de que o nosso imóvel está ao lado do Minhocão (como se ele não soubesse). Nós também começamos a recusar pessoas que diziam que iriam trabalhar na Paulista ou em alguma outra área nobre, pois certamente essas pessoas estariam alugando o nosso imóvel por uma questão financeira e depois daria menos estrelas. Não é mole não!

  • Existe muita gente chata, mas também muita gente legal no mundo

Já tivemos hóspedes chatos, mas também conhecemos muita gente bacana e que cuidou do nosso apartamento como se fosse deles. E dá uma alegria danada saber que a pessoa está feliz e que gostou do nosso imóvel. 🙂

  • Infográfico

Nós fizemos um infográfico com algumas dicas para quem quiser se aventurar nesse mundo, espero que gostem! 😉

Como é ser anfitrião no Airbnb? Reflexões e dicas, Como é ser anfitrião no Airbnb? Reflexões e dicas, Viagem pelo Mundo blog, Viagem pelo Mundo blog

Quer ver em tamanho maior? Veja esse infográfico do Airbnb em outra página.

E você? É anfitrião no Airbnb? Tem alguma história ou dica pra contar?

Como é ser anfitrião no Airbnb? Reflexões e dicas, Viagem pelo Mundo blog
Deise de Oliveirahttps://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Posts

Em tempo de coronavírus, visite diversos museus sem sair de casa!

Se você é seguidor do Viagem pelo Mundo, provavelmente teria uma viagem marcada ainda para esse ano. Se esse é o seu...

Restaurante Himalaya: comida nepalesa em Helsinque

Se você seguir as nossas sugestões de passeios em Helsinque, verá que dois dos museus que indicamos estão muito perto um do...

Restaurante Moon em Tallin: o melhor da cidade!

Se você estiver viajando por Tallin, na capital da Estônia e estiver buscando um restaurante maravilhoso, com comida local e um preço...

Viagem de navio de Helsinki a Tallin

Se você estiver em Helsinki (capital da Finlândia) e quiser conhecer um lugar lindo e beeeem mais barato, vale a pena fazer...

Leia mais