Kremlin em Moscou: um guia para sua visita

Moscou Kremlin em Moscou: um guia para sua visita

Está pensando em viajar para Moscou? Então, além de visitar a Praça Vermelha e a Catedral de São Basílio, um outro lugar icônico e que não deve faltar em seu itinerário é o Kremlin. Aproveite o nosso guia para saber um pouquinho mais sobre esse lugar.

Kremlin em Moscou: um guia para sua visita

Primeiramente, vamos começar pelo significado da palavra Kremlin, que quer dizer “fortaleza”. Agora tudo começa fazer mais sentido certo? Não é por menos que os czares e até Stálin morava aqui, esse pedaço da cidade servia como proteção.

A história

Embora o Kremlin tenha se tornado mais conhecido por sua relação com os czares até com Stálin, esse já era um local povoado desde antes de Cristo. Os eslavos, entretanto, só começaram a ocupar esse espaço no século XIV e, foi justamente nessa época que a palavra “Kremlin” foi registrada pela primeira vez e que se começou a fazer muros de pedra para aumentar a segurança e substituir o que antes era de carvalho.

Mas foi durante o reinado de Ivan, o Grande que o Kremlin começou a ganhar importância. O czar contratou diversos artistas da Renascença italiana para projetar todas as torres e e muros. Três das catedrais que ainda existem por lá foram construídas nessa época. Depois, entre os séculos XVIII e XIV, Pedro, o Grande mandou construir o Grande palácio.

Como muitos monumentos importantes na Rússia, esse aqui também foi construído e reconstruído diversas vezes durante a história (até Napoleão destruiu 6 torres daqui). Sua relação com o governo sempre foi estreita e é justamente por isso que essa é a morada dos presidentes do país desde 1991.

Reserve o dia todo

O museu do Kremlin constitui de vários complexos, incluindo o Palácio do Arsenal ( aqui você verá armas, além de jóias e porcelanas usadas durante a história do Kremlin), diversas igrejas, o complexo da Grande Torre e a Praça da Catedral. Aqui estão uma das mais antigas igrejas da cidade, incluindo a Catedral da Dormitação, construída em 1479 e que foi por muitos anos a catedral mais importante do país e, por isso, onde os czares eram coroados.

Outra coisa interessante é a torre de Ivan, o Grande, que marca o centro da cidade de Moscou. Ela foi durante muitos anos o ponto mais alto da cidade e servia de proteção: na aproximação de um inimigo, todos os 21 sinos eram acionados. O sino do czar, o maior do mundo, fica em um pedestal ao lado da torre.

Para visitar

Não é preciso reservar com antecedência, pois há sempre ingressos disponíveis. Existem alguns tipos diferentes de ingressos e tudo vai depender da sua disposição e do quanto você está disposto a desembolsar. O tíquete mais comprado é aquele que inclui o complexo arquitetônico e custa 500 rublos. Se você quiser visitar o Palácio do Arsenal, sugiro aí sim comprar com antecedência.

Informações:

Há várias estações de metrô próximas, uma delas é a Aleksandrovski Sad. De lá, é só caminhar até a bilheteria.

Booking.com
Deise de Oliveirahttps://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

Related Stories

Booking.com
15,496FansLike
18,960FollowersFollow
23,593FollowersFollow

Mais populares

Mapa do rodízio em São Paulo e como evitar...

Uma coisa que não só os moradores de São Paulo devem saber, mas também...

Como chegar em Morro de São Paulo saindo de...

Para quem está com vontade de fazer um passeio em Morro de São Paulo...

Remédios para enjoo: leve em sua viagem!

Se você é assim como eu, enjoa só de olhar o mar, o ideal...

Viagem com cachorro para os EUA (na cabine)

Resolvi escrever esse post depois de encontrar informações bastante divergentes sobre viagem com cachorro...

Como chegar perto do letreiro de Hollywood?

Muitas das pessoas que viajam a Los Angeles desejam tirar fotos do famoso letreiro...

O que fazer em Florença, Itália: roteiro de 3...

Viajar a Florença (ou Fierenze) na Itália é o seu sonho? Então aproveite as...

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui