Rafting pet em Brotas: uma aventura animal!

Brotas Rafting pet em Brotas: uma aventura animal!

E é claro que nós não podíamos perder a chance de fazer um rafting em nossa viagem para Brotas. E como nosso roteiro foi inteiramente pensado no nosso peludo, um spitz alemão bem do aventureiro chamado Wurst,  e por isso sabíamos que essa seria uma ótima opção.

Rafting pet em Brotas: uma aventura animal!

 

Será que meu cachorro vai gostar de fazer rafting?

Embora a maioria das pessoas pensem que o Wurst (e os spitz alemães de um modo geral) sejam  cachorros para ficar dentro de casa, eles não são! O Wurst particularmente tem uma energia enorme e adora correr, fazer trilha, se sujar no barro e fazer agility. Por isso sabia que essa viagem seria uma ótima opção para ele. Digo isso pois essa decisão cabe apenas ao tutor: você mais do que ninguém conhece o seu cachorro e sabe se ele curtiria um passeio desse ou não. Colocá-lo em um stress e medo desnecessários não é nada bom.

Rafting pet em Brotas: uma aventura animal!
Foto: Ecoação

Como é o Mini Rafting com pet?

Para quem acha que também tem um cãozinho aventureiro em casa, o passeio é muito bacana e feito com todo o cuidado possível. Seu cãozinho vai ter que usar um colete salva-vidas (assim como todas as pessoas no bote). Assim como no rafting normal, no mini rafting há também um treinamento básico de como usar o remo e o que fazer se caso você cair na água: segurança em primeiro lugar!

Rafting pet em Brotas: uma aventura animal!

Depois, nós seguimos em um ônibus até o local no início do passeio. O trajeto durou cerca de 20 minutos.

Todo o trajeto é feito na parte baixa do rio Jacaré Pepira, onde as quedas são bem menores e quase não há chances de alguém cair na água. É nessa parte do rio que também são feitos os raftings das crianças.

Rafting pet em Brotas: uma aventura animal!

No meio do trajeto há uma pausa para descanso em uma prainha. O Wurst até nadou um pouco! Depois, seguimos até o final do passeio. Adoramos a experiência e com certeza recomendamos para todos que quiserem fazer uma atividade diferente com o seu cão.

Dica: passe protetor, repelente e leve uma garrafinha de água. Vai por mim! 😉

Informações

Horário: Segunda à sábado 10h e 14h/ Domingo  9h e 13h

Valores: R$ 78,00 por pessoa

Reserva: faça a sua reserva aqui.

É obrigatório uso de calçado.

*O Viagem pelo Mundo viajou a convite, mas as opiniões são todas nossas.

Booking.com
Deise de Oliveirahttps://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

Related Stories

Booking.com
15,496FansLike
18,960FollowersFollow
23,593FollowersFollow

Mais populares

Mapa do rodízio em São Paulo e como evitar...

Uma coisa que não só os moradores de São Paulo devem saber, mas também...

Como chegar em Morro de São Paulo saindo de...

Para quem está com vontade de fazer um passeio em Morro de São Paulo...

Remédios para enjoo: leve em sua viagem!

Se você é assim como eu, enjoa só de olhar o mar, o ideal...

Viagem com cachorro para os EUA (na cabine)

Resolvi escrever esse post depois de encontrar informações bastante divergentes sobre viagem com cachorro...

Como chegar perto do letreiro de Hollywood?

Muitas das pessoas que viajam a Los Angeles desejam tirar fotos do famoso letreiro...

O que fazer em Florença, Itália: roteiro de 3...

Viajar a Florença (ou Fierenze) na Itália é o seu sonho? Então aproveite as...

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui