Nós já fizemos uma extensa postagem sobre como viajar com o seu cão (e toda a documentação necessária) para os EUA, mas acho que ainda falta uma postagem sobre como foi a nossa experiência de viajar com nosso cão na cabine pela United.

Como tudo começou: a compra da passagem e a reserva do pet

A United estava com uma promoção imperdível para os EUA e como tínhamos flexibilidade de data, fiz a simulação para as datas escolhidas, verifiquei os valores e antes de comprar liguei na United para saber se havia vaga no voo para o meu peludo. Nossa experiência foi tão bacana que foi preciso escrever um texto só sobre nosso voo com a United.

Viagem com cão na cabine: voo United

Como na United é permitido até 4 pets na cabine, sabia que não seria um grande problema conseguir um voo fora de temporada que tivesse vaga. E foi bem simples mesmo: a atendente havia me garantido que não havia outros pets no voo. Eu desliguei o telefone, fiz a compra das passagens e imediatamente liguei para a United novamente para fazer a reserva do meu cachorro para os voos de ida e de volta. Você pode escolher pagar por telefone antecipadamente ou no check in mesmo. Decidi pagar tudo no aeroporto.

Depois, comecei a correr atrás de toda a documentação para levar o Wurst para os EUA com a gente. Agora só faltava embarcar!

Bolsa de transporte: maleável é a melhor escolha

Como eu já havia comprado uma bolsa de transporte maleável nos EUA (eu escrevi sobre ela aqui, é a Argo da Petagon), não havia muito problema. A única questão era que ela excedia os limites permitidos pela United, que eram 46 cm de comprimento x 28 cm de largura x 28 cm de altura. De qualquer maneira, como ela é super maleável, resolvi arriscar (veja todas as regras da United aqui).

SEGURO VIAGEM COM DESCONTO?

Vai viajar? Não se esqueça de fazer o seu Seguro Viagem, pois ele além de ser um item indispensável para quem não quer gastar uma fortuna com imprevistos, é obrigatório para viagens para a Europa, por exemplo. Faça sua cotação e parcele em até 9X no cartão ou pague no boleto. Use o CUPOM VIAGEMPELOMUNDO5 para ter 5% de desconto!
Viagem EUA com pet na cabine: United
Wurst no voo da United

As companhias aéreas exigem que o seu pet consiga ficar de pé e dar uma volta completa dentro da bolsa, mas eu nunca ouvi falar de ninguém que teve que mostrar o pet realmente fazendo isso. É claro que o pet deve estar confortável dentro da bolsa, mas se você pensar que eles ficarão dormindo quase o tempo todo, percebe que a altura da bolsa não é um grande problema.

Dia do embarque

No dia do embarque, nós chegamos com 3h de antecedência para fazer tudo com calma. Pagamos a taxa de embarque (125 dólares pela ida e mais 125 pela volta) do peludo e fomos para o portão de embarque. Em nenhum momento os funcionários pesaram e nem falaram nada sobre o tamanho da bolsa. Um alívio! Fomos super bem atendidos e tudo correu muito bem.

Para passar pelo raio X, tivemos que tirar o Wurst da bolsa e percebemos que viramos quase atração turística. rs Em um certo momento, levei o Wurst ao banheiro com um tapetinho higiênico para ele fazer xixi antes de embarcar. Nós também deixamos ele fora da casinha antes de embarcarmos…ele já iria ficar bastante tempo nela durante o voo.

Nosso voo com pet pela United

Viagem com cão na cabine: voo United

O Wurst ficou a maior parte do tempo embaixo do banco, dormindo. Em uma parte do voo (depois de decolar), pegamos ele e deixamos no nosso colo, para ele se sentir mais seguro.

Os comissários foram muito gentis e deixaram até com que ele ficasse com a cabeça para fora (muitas companhias aéreas não permitem isso). Nosso voo foi muito tranquilo e, como havíamos treinado o Wurst para ficar dentro da bolsa tranquilamente, foi um sucesso!

No mesmo voo havia um outro cão, que na fila da imigração não parava de latir…e fiquei pensando que provavelmente os tutores não fizeram treino de bolsa com ele…tadinho.

Resultado: gostamos muito da simplicidade que é viajar com pet pela United e toda vez que formos para os EUA, iremos de United. Vamos viajar para a Europa esse ano e tivemos uma experiência completamente diferente já na reserva do embarque do Wurst com outra companhia aérea (não vou dar spoiler para não estragar a surpresa) e por isso acho que vale a pena falar das diferenças de serviço.

Recaptulando: como comprar uma passagem pet na cabine com a United

  • Antes de comprar a passagem, ligue para ver se há vaga para o seu pet no voo desejado
  • Compre sua passagem
  • Ligue novamente para reservar o embarque do peludo
  • Compre uma bolsa de transporte e treine o seu cão para gostar dela
  • Junte toda a documentação necessária
  • Chegue com antecedência no check in
  • Boa viagem!

VIAGEM COM DESCONTO?

Nós temos diversos parceiros para te ajudar a viajar mais barato:
Booking.com

2 COMMENTS

  1. Olá Deise!! Adorei seus posts sobre viajar com o auau! Nós estamos organizando a documentação para levarmos nosso cachorrinha junto. No nosso caso iremos morar lá, você sabe se precisa de alguma documentação diferenciada para o cãozinho neste caso? Outra dúvida que tenho é se vocês deram algum remedinho pra ele dormir… e as necessidades ele ficou sem fazer durante o voo? Foi tranquilo? Obrigada!!

    • Oi Juliana, tudo bem?
      Que bom que gostou. Nossa ideia é sempre ajudar…eu me senti completamente perdida, pois as informações não batiam!
      Você vai morar nos EUA? Cada Estado ou cidade dos EUA tem uma legislação diferente para cães moradores. Eu sei que para cães que moram em Chicago, por exemplo, você tem que ter, além da vacina da raiva, a de leptospirose e bordetella. Então, sugiro que você dê uma olhada se existe alguma exigência feita pela municipalidade de onde você vai morar.
      Não é recomendado dar remedinho para os peludos, pois isso interfere na respiração deles. Os veterinários não recomendam. O que eu fiz foi uma caminhada de uns 7km com ele, treinei muito ele para ficar tranquilo na caixa e levada ele para lugares legais na caixa para ele associar (como parques e competições de agility, que ele ama) e parei de dar água e comida para ele umas 3 horas antes do voo. Antes de embarcar, levei ele no banheiro de cadeirante, abri uma fraldinha e pedi para ele fazer xixi (sim, ele faz xixi quando eu peço, se ele está com vontade rs). Depois, no meio do voo eu levei ele no banheiro do avião e fiz a mesma coisa, mas foi por excesso de precaução, já que o meu peludo fica a noite inteira sem fazer xixi e aguenta ficar mais de 11 horas sem ir ao banheiro. Acho que é isso. Espero que dê tudo certo. 🙂

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here