Se você segue o Viagem pelo Mundo por um tempo, sabe que nós gostamos de economizar: vamos combinar que dinheiro não está sobrando pra ninguém, né?

Então, uma maneira muito eficaz de economizar dinheiro e também tempo (que, consequentemente também é dinheiro) é comprando esses passes de cada cidade.

Para quem o I Amsterdam City Pass é recomendado?

Primeiramente, é preciso fazer contas mesmo e ver se esse passe é a melhor opção para você. Se você não pretende visitar museus, provavelmente essa não é uma boa opção. Agora, se a sua ideia é conhecer os museus da cidade, usar o transporte público e fazer um passeio pelo canal, essa é a a sua melhor escolha.

Como funciona o I Amsterdam City Pass?

O I Amsterdam City Pass, assim como muitos outros em outras cidades, possui valores diferentes de acordo com a quantidade de horas: 24 horas, 48 horas, 72 horas, 96 horas e 120 horas ( ou seja: de 1 a 5 dias).

Você pode comprar o seu passe online, assim não precisará se preocupar com nada. Aí, chegando em Amsterdam, é só levar o seu recibo impresso ou no celular e trocá-lo pelo passe físico. Você pode fazer isso tanto no posto do I Amsterdam que fica dentro da estação de trem central de Amsterdam ou até mesmo em uma das atrações do passe.

SEGURO VIAGEM COM DESCONTO?

Vai viajar? Não se esqueça de fazer o seu Seguro Viagem, pois ele além de ser um item indispensável para quem não quer gastar uma fortuna com imprevistos, é obrigatório para viagens para a Europa, por exemplo. Faça sua cotação e parcele em até 9X no cartão ou pague no boleto. Use o CUPOM VIAGEMPELOMUNDO5 para ter 5% de desconto!

Quer saber quais são os locais de venda e retirada do passe I Amsterdam? Veja esse link aqui.

O que está incluído no I Amsterdam City Pass?

Estão incluídas viagens ilimitadas de transporte público na região de Amsterdam, além de 1 passeio de canal e cerca de 65 museus e atrações. É muita coisa mesmo! Há também descontos em restaurantes e em algumas outras atrações.

Algumas coisas importantes

  • O Museu Anne Frank não está incluído: você terá que reservar separadamente.
  • Para visitar o Museu Van Gogh e o Rijksmuseum, você terá que reservar separadamente a sua entrada mesmo com o passe: e é preciso correr, poi quase nunca há vagas de um dia para o outro.
  • O Passe começa a funcionar a partir do momento em que você o valida, seja em um museu ou em um bonde.

Então, o I Amsterdam City Pass vale a pena?

A resposta é: depende. Se você for visitar os museus mais famosos, fazer o passeio de canal e ainda usar o transporte público, vale a pena sim. Agora, se a sua intenção é mais andar de bike e curtir os coffee shops, não vale não. Além disso, há a questão de que nos dois maiores museus da cidade é necessário fazer uma reserva com antecedência mesmo com o passe, o que acaba não resolvendo o nosso problema de evitar filar e frustrações.

Por isso, se a sua ideia é conhecer o máximo possível de coisas pela cidade, eu super recomendo!

Agradecemos o Turismo de Amsterdam por nos ceder o I Amsterdam Pass para a nossa viagem.


VIAGEM COM DESCONTO?

Nós temos diversos parceiros para te ajudar a viajar mais barato:
Booking.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here