Catedral do Sangue Derramado em São Petersburgo

Rússia Catedral do Sangue Derramado em São Petersburgo

A Catedral do Sangue Derramado (Церковь Спаса на Крови em russo) em São Petersburgo é frequentemente confundida com a Catedral de São Basílio, que fica em Moscou por conta das domas coloridas, mas na verdade elas são bem diferentes.

História da Catedral do Sangue Derramado

A construção começou em 1883 durante o reinado do czar Alexandre III, que tomou poder depois do assassinato de seu pai, Alexandre II (responsável para emancipação dos servos em 1861). A catedral, então, foi construída em homenagem à memória dele e foi concluída apenas em 1907.

A localização da Catedral em São Petersburgo

Em 31 de março de 1881, o czar Alexandre II foi atacado por uma granada. Já machucado, ele decide sair da carruagem e é atacado novamente por uma bomba. Ele é levado para o Palácio de Inverno (onde hoje é o Hermitage), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O nome da catedral é uma referência literal a esse evento trágico.

Alexandre II até hoje é considerado um dos czares mais queridos por ter abolido a servidão na Rússia (o que não era muito diferente da escravidão). Assim como aqui no Brasil, os servos podiam ser vendidos, trocados, comprados ou até mesmo herdados. A diferença era que lá os servos eram russos mesmo, não vindos da África como aqui, mas a crueldade era a mesma.

Um santuário foi erguido no local onde o czar havia sofrido o ataque, mas depois foi decidido que ali deveria ser construída uma catedral. Para fazer com que o exato local que o czar havia sido atacado ficasse dentro das paredes da catedral, eles tiveram que estreitar o leito do canal Griboiêdov. Eles fizeram até um santuário dentro da catedral com pedras semi-preciosas no local do ataque.

Uma catedral diferentes das outras em São Petersburgo

Essa é uma catedral muito diferente das outras que vemos na cidade, pois volta às origens, como uma tentativa Romântica de trazer um pouco da cultura russa à cidade. Para quem não sabe, São Petersburgo foi construída a pedido do czar Pedro, o Grande com o objetivo de europeizar o país. São Petersburgo seria uma janela da Rússia para a Europa e, por isso, a cidade parece mais europeia do que russa.

Por dentro, ela possui muitos mosaicos, o que fez com que a obra atrasasse e também ficasse bastante cara: foram gastos quase 4 milhões de dólares: muito mais do que estava inicialmente planejado.

Durante a Revolução Russa, ela foi bastante destruída e muitos dos seus materiais reutilizados em outros projetos. Depois, durante a Segunda Guerra, o espaço acabou virando um necrotério e depois até um depósito. O local só foi aberto novamente para visitas em 1997, depois de passar por mais reformas.

Essa realmente é uma catedral que merece ser visitada por dentro. Os murais são lindíssimos e são tantos dos detalhes que não dá para visitar rapidamente.

Informações

Endereço: Griboyedov channel embankment, 2Б

Ingressos: você pode comprar antecipadamente ingressos para a Catedral do Sangue Derramado.

Booking.com
Deise de Oliveirahttps://www.viagempelomundo.com/
Doutora em Literatura russa, viajante compulsiva e fotógrafa de cães no Spitz Fotografia Pet. Criadora do Viagem pelo Mundo, já estudou em Moscou e morou na França. Adora mergulhar, fazer agility com o Wurst (seu spitz alemão) e uma cervejinha com os amigos. Siga-a nas redes sociais: Facebook Twitter

Related Stories

Booking.com
15,512FansLike
18,936FollowersFollow
23,564FollowersFollow

Mais populares

Mapa do rodízio em São Paulo e como evitar...

Uma coisa que não só os moradores de São Paulo devem saber, mas também...

Como chegar em Morro de São Paulo saindo de...

Para quem está com vontade de fazer um passeio em Morro de São Paulo...

Remédios para enjoo: leve em sua viagem!

Se você é assim como eu, enjoa só de olhar o mar, o ideal...

Viagem com cachorro para os EUA (na cabine)

Resolvi escrever esse post depois de encontrar informações bastante divergentes sobre viagem com cachorro...

Como chegar perto do letreiro de Hollywood?

Muitas das pessoas que viajam a Los Angeles desejam tirar fotos do famoso letreiro...

O que fazer em Florença, Itália: roteiro de 3...

Viajar a Florença (ou Fierenze) na Itália é o seu sonho? Então aproveite as...

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui