Flutuação no Rio da Prata, Bonito – MS

O que fazer em Bonito

Eu sempre havia ouvido falar que a diversidade de peixes que existe no mar é única, e por isso mesmo eu sempre privilegiei o mar para fazer meus mergulhos. Por conta dessa lenda, eu fui mesmo ressabiada para fazer a flutuação do Rio da Prata.

Flutuação no Rio da Prata, Bonito – MS

Sim, eu já havia visto fotos, relatos de outras pessoas e também sabia que essa flutuação já ganhou diversos prêmios como “o melhor passeio de Bonito”. Sim, meus caros, eu sabia de tudo isso, mas ainda assim não estava acreditando muito.

O que fazer em Bonito-29

Ao chegar ao receptivo, já recebemos uma roupa de neoprene de 5mm e botas. Todos os nossos objetos de valor e roupas ficariam lá com eles. Como havia comprado uma case para minha câmera, levei-a comigo. E olha, aqui fica a dica: leve ou alugue uma câmera por lá para tirar fotos absurdamente lindas.

 

Subimos então em um caminhãozinho que nos levaria para  a RPPN (Reserva Particular de Patromônio Natural). Seguimos então mata adentro em uma caminhada bem tranquila. Nosso grupo era o primeiro do dia, às 9h, então as chances de vermos algum bicho eram bem grandes. Infelizmente, não vimos nenhum! 🙁

Chegamos no rio Olho d´Água. Era hora de se equipar e pular para dentro d’água. Como eu já estava familiarizada com o snorkel não tive grandes problemas, mas havia pessoas que nunca usaram um snorkel antes. O nosso guia teve toda a paciência do mundo em ensinar o pessoal a respirar pela boca – eu achava que isso fosse uma coisa fácil, mas não é não!

O que fazer em Bonito-33

 

Fomos avisados a não bater os pés, para não suspender a areia do fundo do rio. E começamos a nossa flutuação.Ao colocar a cabeça dentro d’água, parece que entro em um mundo paralelo, um mundo onde só existem peixes: de todas as cores e tamanhos.

Às vezes eu tinha a sensação de que deveria pedir licença para eles: eram tantos que até parecia que eu iria  esbarrar em algum. E eles nem se importavam  com a minha presença, olhavam e faziam cara de pouco caso (tá, essa parte eu inventei! 😉 )

Como não sei direito usar a correnteza a meu favor, penei um pouco com as remadas: tive que remar bastante! Mas quem disse que eu queria que aquele passeio acabasse? A minha vontade era de virar peixe e ficar aí com eles, só de boa! 🙂

O que fazer em Bonito-34

E foi aí que eu me dei conta que eu havia acreditado na maior mentira de todas: a de que não existe variedade de peixes tão grande quanto no mar. Sabia que existe mais de 50 espécies de peixes aqui? E como é proibida a caça, eles são enormes!

No final do passeio, eu já estava morrendo de fome. Voltamos então para a trilha e chegamos no restaurante para almoçarmos. A comida estava devidamente colocada em panelas de barro e em um fogão à lenha. Quer coisa melhor?

 

Caprichei no prato e depois ainda comi a sobremesa. Tudo uma maravilha. E depois de um almoço desse, nada melhor que tirar uma sonequinha no redário. E foi o que eu fiz. Fui acordada pelo nosso guia dizendo que era hora de ir embora 🙁

 

Informações:

Atenção: os grupos são limitados a no máximo 9 pessoas e os horários restritos. Se você estiver planejando visitar Bonito em alta temporada e feriados, reserve os passeios com antecedência.

Distância de Bonito: 50 km.

Onde comprar: o passeio foi feito através do Bonito Hostel. É só entrar em contato com eles e reservar o melhor dia para você!

Não sabe o que fazer em Bonito? Leia as nossas dicas e boa viagem!

Dicas: 

  • Leve ou alugue uma câmera subaquática
  • Também leve ou compre por lá uma garrafinha de água para a caminhada
  • Se tiver tempo, combine esse passeio com o Buraco das Araras
  • Leve também repelente

Preço: 

  •  durante a alta temporada: 165,00
  •  durante a baixa temporada: 138,00

Para alugar uma câmera subaquática: 35,00

O que está incluso: 

  • Máscara
  • Roupa de neoprene
  • Botas
  • Almoço (sem as bebidas)

Não está incluso:

  • Transporte e bebidas
 O Viagem pelo Mundo viajou a convite do Bonito Hostel e Grupo Rio da Prata

Booking.com

Ajude-nos a manter o site com conteúdo sempre gratuito!

Quando você faz uma reserva com um dos nossos links afiliados, você nos ajuda a viajar mais. E o melhor: você não paga nada mais por isso! Obrigada pela força! :)

Tags from the story
, ,
More from Deise de Oliveira

Onde ficar em Lyon: Hostel Cool and Bed

Na primeira metade de nossa viagem à Europa, eu estava sozinha. Para...
Read More

6 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *